Seguidores

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

Desafio - A Letra do Nome em Livro

Vi esse vídeo no canal da Jessica no Youtube e achei legal, então resolvi fazer um pra euzinha tambem...


Parece que nessas horas o cerebro da um tilti rs, e por muito que a gente leia muito, é duro lembrar o nome dos livros com as iniciais, então fui pesquisar nos livros que li as iniciais do meu nome, e até que encontrei uns baum ;)

Vamos à eles

A - Amante Sombrio ( O primeiro livro da Serie Irmandade da Adaga Negra, onde todo meu amor pel série começou
N - Na Minha Pele - Lazaro Ramos
- Anna e o Beijo Francês - Stephanie Perkins

P - Pequenos Incêndios por Toda Parte - Celeste Ng
- After ( a série toda ) - Anna Todd
U - Um de nós Esta Mentindo - Karen Mc Manus
L - Loucamente Sua - Rachel Gibson
- A Linguagem do Amor - Lola Salgado

Adorei a brincadeira rrss. já to pensando em fazer um igual mas com livros que Quero Ler... vou pensar nisso rss

sexta-feira, 14 de fevereiro de 2020

Quando o Amor Bater à sua Porta - Samanta Holtz

Porque o amor não foi feito para ser entendido, estudando ou explicando, o amor foi feito para ser sentido. 


Fazia acho que uns 2 anos que eu queria ler esse livro. Lembro de em uma das edições da Bienal esse livro tava sendo comentado, e passou, passou e não li... Mas agora chegou a vez dele, e apesar de eu ter adorado a escrita da Samanta, do livro ser bem bom, e de ter Amado Luiz Otávio, eu achei a Malu um porre de chata.

Creio que o amor seja como um pássaro, não nasceu pra ser estático. Ele é livre, é fugaz, e nos escapa entre os dedos sempre que pensamos tê-lo dominado ¨ 

Malu é uma escritora, que ta mergulhada na historia do seu novo livro, mas sua editora pediu que ela mudasse o final, que acham que não é nada ¨comercial ¨ e que ela com certeza consegue um final melhor. Mas ela discorda totalmente, e tenta insistir que aquele final que ela escreveu condiz com toda sua historia. Sem choro nem vela o seu editor bate o pé e faz com que ela busque esse final diferente.

Nessa busca ela vai descobrir, encontrar e aprender um bocado de coisa, e foi isso que eu gostei. O aprendizado. O entendimento das coisas. O entendimento de sua própria vida. E, Luiz Otavio vai ter um papel primordial nessa descoberta. Pra mim, ele foi quem salvou a Malu de se tornar uma chata congênita kkkkkk...


Primeiro achei ela grossa com a coitada da Rebecca, tudo bem que a assistente é falante e empolgada demais, mas meu pai, Malu é grossa com ela o tempo todo. Com a ¨desculpa ¨ de que a vida não foi muito boa pra ela, ela desconta em todo mundo sendo grossa. Ah tá, falô, eu mandava catar coquinho rrss.

Eu adorei Luiz Otavio... Que personagem sensível, emotivo, incrível... Só senti falta de ter uma visão dele no livro, porque tinha cena que eu queria muito saber o que tava se passando na cabeça dele. E, mesmo ele totalmente desmemoriado ele era o melhor o livro todo. Sensível, engraçado, o bom moço quase perfeito.

Já sabemos que o infinito não pertence ao futuro... ele pertence ao presente 

O final foi bem lindinho, mas confesso que quando aquele Carlos Eduardo deu as caras eu queria socar a cara dele e a da Malu... tava xingando ela até rrss.



Sinopse : www.skoob.com.br 

Ele tem um passado do qual não se lembra. Ela precisa esquecer o seu.

Malu Rocha é uma escritora de 29 anos independente, confiante e bem-sucedida. Mora sozinha em São José dos Pinhais, perto de Curitiba, onde mantém uma rotina regrada de pedalar todas as manhãs, escrever e, semanalmente, visitar o avô de 98 anos em uma casa de repouso.

Porém sua vida toda controlada sai do eixo quando um homem bate à sua porta e se apresenta como Luiz Otávio Veronezzi, dizendo ter perdido uma reunião marcada com ela. Malu não se lembra do compromisso e sua primeira reação é dispensá-lo. Mas o belo desconhecido insiste, explicando que sofreu um acidente de carro, ficou em coma e perdeu a memória, assim como seus documentos. As únicas coisas que restaram foram um pouco de dinheiro e um papel com o nome e o endereço de Malu, o nome dele e a data da reunião. Luiz confessa que a escritora era sua última esperança para descobrir a própria identidade.

O problema é que ela não tem a menor ideia de quem ele seja.

Desconfiada, mas sentindo-se responsável pelo acontecido, Malu decide ajudá-lo e embarca em uma jornada para descobrir quem ele é – o que acaba trazendo à tona muitos fatos sobre si mesma, seus medos e segredos mais bem guardados, além de um passado que preferia esquecer.

A bela narrativa e a trama que prende do começo ao fim nos convidam a acompanhar Malu e Luiz nessa busca que se transforma em uma história de amor de tirar o fôlego.

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020

As Brumas de Avalon ( #4 O Prisioneiro da Árvore ) - Marion Zimmer Bradley

Ultimo livro dessa série incrível e, apesar de eu ter demorado muito pra ler ( na verdade voltei de ferias meio que com uma ressaca literária por ter lido muitos livros e num período curto de tempo rrss, isso sempre acontece comigo depois das férias rrss ), então demorei pra engatar na leitura.

Mas na finalização dessa historia incrível, temos em O Prisioneiro da Árvore um livro mais ¨violento¨, cheio de tramoias, com muita morte, muita Visão por parte da Morgana.

E Morgana.... ora anja ora demonia rs. Em vários momentos eu pensava se eu queria que ela desaparecesse no rio rumo a Avalon, ou se queria que ela sentasse ao lado de Artur em Camelot rrss. Ela é muito muito engenhosa, manipula à tudo e à todos ( como vemos muito bem no livro 3... mas aqui tudo  o que ela planeja acontece.

Usando como mantra de que a Deusa a escolheu para fazer e acontecer com todo mundo e em todos acontecimentos, Avalon e Camelot começam a virar de cabeça pra baixo. Camelot estava em paz, com um rei que trouxe a paz, mas com os engenhos de Morgana, tudo aos poucos vai se tornando um caos, porque de acordo com a previsão da Deusa, Gwydion é quem vai arrumar tudo.

E Morgause, meu pai do seu, que mulherzinha insuportavel. Pior que ela só a Rainha Gwen. Comecei e terminei a historia detestando essa mulherzinha chata.

Mas essa série nos causa isso. Emoções fortes, muita aventura e muita descoberta. Marion escreveu uma obra prima, rica, e que vale cada minuto em que a gente mergulha, de cabeça, nessa historia incrível.. 



Sinopse : www.skoob.com.br 

A Senhora da Magia, A Grande Rainha, O Gamo-Rei e O Prisioneiro da Árvore são os quatro volumes 
que compõem As Brumas de Avalon - a grande obra de Marion Zimmer Bradley -, que reconta a lenda do rei Artur através da perspectiva de suas heroínas.
Guinevere se casou com Artur por determinação do pai, mas era apaixonada por Lancelote. Ela não conseguiu dar um filho e herdeiro para o marido, o que gera sérias conseqüências políticas para o reino de Camelot. Sua dedicação ao cristianismo acaba colocando Artur, e com ele toda a Bretanha, sob a influência dos padres cristãos, apesar de ser juramento de respeitar a velha religião de Avalon.
Além da mãe de Artur, Igraine e de Viviane, a Senhora do Lago que é a Grande Sacerdotisa de Avalon, uma outra mulher é fundamental na trama: Morgana, a irmã de Artur.
Ela é vibrante, ardente em seus amores e em suas fidelidades, e polariza a história com Guinevere, constituindo-se em a sua grande rival. Sendo uma sacerdotisa de Avalon, ela tem a Visão, o que a transforma em uma mulher atormentada.
Trata-se, acima de tudo, da história do conflito entre o cristianismo, representado por Guinevere, e da velha religião de Avalon, representada por Morgana.
Ao acompanhar a evolução da história de Guinevere e de Morgana, assim como dos numerosos personagens que as cercam, acompanhamos também o destino das terras que mais tarde seriam conhecidas com Grã-Bretanha.
As Brumas de Avalon evoca uma Bretanha que é ao mesmo tempo real e lendária - desde as suas desesperadas guerras pela sobrevivência contra a invasão saxônica até as tragédias que acompanham Artur até a sua morte e o fim da influência mítica por ele representada.
Igraine, Viviane, Guinevere e Morgana revelam através da história de suas vidas e sentimentos a lenda do rei Artur, como se ela fosse nova e original.

As Brumas de Avalon ( #3 O Gamo-Rei ) - Marion Zimmer Bradley

Morgana ! Morgana ! Morgana e da-lhe Morgana !!!!! Esse é o começo, o meio e o fim do livro.

Esse foi mais um livro Espetacular. O segundo livro foi moroso pra mim, meio enrolado, sem nenhum acontecimento importante, mas esse é sensacional, menos a Gwen que continia chata que só uma coisa kkkk, eita mulherzinha insuportável, chata, mimada. Fiqeui com vontade de esgana-la o tempo inteiro, juro !!

Agora Morgana comandou o livro todo... mandou e desmandou. Manipulou, arquitetou, executou, tudo num livro só. Fiquei puta e feliz da vida com ela em muitos momentos, com a mesma intensidade. Mas tambem chorei com ela... Quando ela narra sua volta a Avalon, quando Viviane a deixa, o seu sofrimento diante de todos, é de dar dó. Quando ela finalmente encontra Gwydion fiquei com tanta pena dos dois. A falta de amor entre eles é de doer na alma, e a vontade que eles tem de se amarem é comovente, mas ja foi né.. tem coisa que não volta.

Falta só mais um pra eu terminar essa série incrivel, e apesar de estar louca pra saber o que vem por ai, tambem não quero terminar porque a série é boa demais pra acabar. E apesar de ja ter lido, de verdade não me lembrava de nada do que acontecia, até ler novamente, ai sim a memória vai reavivando.

Então bora pro último !!!




Sinopse : www.skoob.com.br 


A Senhora da Magia, A Grande Rainha, O Gamo-Rei e O Prisioneiro da Árvore são os quatro volumes que compõem As Brumas de Avalon - a grande obra de Marion Zimmer Bradley -, que reconta a lenda do rei Artur através da perspectiva de suas heroínas.

Guinevere se casou com Artur por determinação do pai, mas era apaixonada por Lancelote. Ela não conseguiu dar um filho e herdeiro para o marido, o que gera sérias conseqüências políticas para o reino de Camelot. Sua dedicação ao cristianismo acaba colocando Artur, e com ele toda a Bretanha, sob a influência dos padres cristãos, apesar de ser juramento de respeitar a velha religião de Avalon.

Além da mãe de Artur, Igraine e de Viviane, a Senhora do Lago que é a Grande Sacerdotisa de Avalon, uma outra mulher é fundamental na trama: Morgana, a irmã de Artur. Ela é vibrante, ardente em seus amores e em suas fidelidades, e polariza a história com Guinevere, constituindo-se em a sua grande rival. Sendo uma sacerdotisa de Avalon, ela tem a Visão, o que a transforma em uma mulher atormentada.

Trata-se, acima de tudo, da história do conflito entre o cristianismo, representado por Guinevere, e da velha religião de Avalon, representada por Morgana. Ao acompanhar a evolução da história de Guinevere e de Morgana, assim como dos numerosos personagens que as cercam, acompanhamos também o destino das terras que mais tarde seriam conhecidas com Grã-Bretanha.

As Brumas de Avalon evoca uma Bretanha que é ao mesmo tempo real e lendária - desde as suas desesperadas guerras pela sobrevivência contra a invasão saxônica até as tragédias que acompanham Artur até a sua morte e o fim da influência mítica por ele representada. Igraine, Viviane, Guinevere e Morgana revelam através da história de suas vidas e sentimentos a lenda do rei Artur, como se ela fosse nova e original.

As Brumas de Avalon ( #2 A Grande Rainha ) - Marion Zimmer Bradley

¨ Durante toda a minha vida, lembrar-me-ei sempre de voce, e a amarei, e a abençoarei¨ ( Arthur para Morgana )

Dando continuidade a série, finalizei o livro 2 com tanta raiva daquela Rainha chata, que mesmo quando ela chorava, e me fazia sentir pena dela, eu achava ela chata. Mimada, reclamona, me deu nos nervos o livro todo.

Sinceramente, achei esse livro massante, e mesmo quando a histora sendo excelente, esse livro é um nada atras do outro.

Nada acontece de interessante exceto o casamento de Arthur e Gwen. Morgana fica num vai e vem pra todo lado e no livo ( some e aparece rs ).e na minha opinião fez a maior merda confiando em Morgause, não confio naquela bicha nem a pau.

Todo mundo renegando suas origens e deixando o Merlin e Viviane loucos. E, mesmo sendo nada atrás de nada, voce devora, porque sim é bom demais mesmo tendo nada kkkkk. Masssssss pra compensar a morosidade da historia toda, veio aquele último capitulo e a gente fica de boca aberta. Então sai correndo pra ler o terceiro.

Uma coisa eu adorei aqui, cada um teve o que mereceu. Igraine foi uma antes de Uther, depois se modificou completamente, e ta cada dia mais chata. Morgause virou uma vibora manipuladora. Viviane fez o que fez e no fim tá sozinha. Mas confesso que estou com pena de Lancelot, e depois desse último capítulo temo por sua sanidade coitado.

Vamos ver o que vem por ai no terceiro livro.




Sinopse : www.skoob.com.br 


Em "As Brumas de Avalon", Marion Zimmer Bradley reconta a lenda do rei Artur, descrevendo os seus esforços para unificar a Bretanha contra a invasão Saxônica, a partir da perspectiva das poderosas mulheres do reino de Avalon e Camelot.

As Brumas de Avalon ( #1 A Senhora da Magia ) - Marion Zimmer Bradley

Há muitos, mas muitos anos mesmo, eu li essa historia incrível e me lembro como fiquei total e completamente apaixonada na época. O tempo passou, minha mãe acabou doando os livros dela, e eu deixei passar. Mas de uns tempos pra cá fiquei doida pra ter eles na estante e la fui eu num Sebo tentar comprar todos... e achei, nem pensei duas vezes rs.

Uma fantasia muito bem contada e pelos olhos femininos, aqui começamos lendo a historia de Igraine, nascida em Avalon, cercada de magia e premonições. Com um casamento agradável, mesmo que arranjado quando ela ainda tinha só 15 anos, ela soube se entender e ser feliz com sua nova vida, sua nova familia e sua linda filha Morgana.

Mas como nada dura pra sempre, Viviane, a Senhora do Lago, irmã mais velha de Igraine resolve que deve se meter na vida da irmã, de novo e mudar o destino de tanta gente, porque ¨está escrito ¨, assim quer a Deusa. Viviane enfia na cabeça de Igraine que ela não ficará mais casada com o Duque Gorlois, que Morgana vai ter um irmão, que seu novo marido será o Rei pra que o filho desse casamento gere um outro menino que sim será o poderoso Rei de ambos os Reinos.... A Bretanha e Avalon.

A partir dessa ¨manipulação¨de Viviane, a historia gira em torno de Igraine, Viviane, Morgause ( irma mais nova das duas) e a pequena Morgana.

Anos se passam e muitas coisas acontecem, e com todos agora adultos, teremos mais tramas, novas historias, novos acontecimentos.

Não posso escrever muito mais porque apesar de ser uma historia escrita a muito tempo, quem não leu vai sofrer com o spoiller ne.

Mas queria deixar aqui registrado que to odiando Viviane
To com os dois pés atrás com Morgause
E, principalmente, to querendo dar um choque em Igraine, desde que ela disse aquela merda de que ¨nunca¨ mais usaria magia na vida, gente ela é a própria magia, ta tomando chá de esquecimento.

E, acima de tudo, já to contando os minutos para pegar o segundo livro, e ver o que vem por ai.




Sinopse : www.skoob.com.br 


Em 'As brumas de Avalon', Marion Zimmer Bradley reconta a lenda do rei Artur , descrevendo os seus esforços para unificar a Bretanha contra a invasão Saxônica, a partir da perspectiva das poderosas mulheres do reino de Avalon e Camelot. Mesmo aqueles que normalmente não gostam das lendas de Artur irão se encantar com as mulheres por trás do trono. Morgana e Guinevere lutam pelo poder, usando Artur para promover suas respectivas visões de mundo. As intrigas e a política do reino de Camelot descritas em 'Brumas de Avalon' se passam quando o Cristianismo começa a dominar a ilha-nação da Bretanha estabelenco o conflito com os cultos pagãos.

domingo, 9 de fevereiro de 2020

Greys Anatomy Book TAG

Vi no Blog Meu Amor Pelos Livros e adorei essa Book Tag então resolvi responder ... me divirto respondendo essas Tag´s viu gente.


Imagem do Blog Meu Amor Pelos Livros 

Vamos à ela...

Meredith Grey : Um personagem que sofre muito mas que se mantem de pé. 


Quem assiste Greys Anatomy sabe o quanto a Meredith já sofreu ( confesso que gosto dela, mas ela não é minha personagem favorita da série. ) É sofrimento com pais ( não sei qual dos dois é pior, se o pai ou aquela egoísta da mãe dela) é sofrimento com marido ( ainda não digeri aquela 11a. temporada ). É sofrimento com os amigos ( sim ela sofre pela dor dos amigos, se envolve, tenta ajudar). Então concordei com a Lais do Blog que peguei a TAG e vou comparar Mer com Liesel de A Menina que Roubava Livros... Liesel sofre, sofreu tudo o que a gente imagina e o que não imagina. è dada para adoção, nunca mais vê sua mãe biológica, perde o irmão, seu melhor amigo, seus novos pais, sua vida é uma tragédia atrás da outra, apesar de terem momentos em que ela é tão feliz que é contagiante. E, como li esse livro faz pouco tempo, as emoções dessa leitura ainda estão aqui, bem no coração ainda rrss.


Cristina Yang  : You are my Person : Personagem que esta sempre presente na vida do protagonista  


A Yang é ¨A Pessoa ¨da Meredith mas não é e nunca será a minha ta gente kkkkk... eu DETESTO a Cristina. Acho ela egoísta, chata, só  gosto do fato dela ser extremamente persistente na profissão em se tornar a melhor no que ela escolher ser.. Cardiologista. Se com o Burk eu achava ela uma imbecil, com o Owen eu acho ela uma cretina egoísta kkkkk. Mas uma coisa é fato, ela é muito amiga da Meredith, e tá sempre lá disponível pra amiga, em que situação for, mesmo quando ela não quer, ela ta la rrss. E pensando nessa amizade incondicional, de novo copiei a Lais .... como não pensar em Hermione Granger e toda sua amizade por Harry e Rony na Saga Harry Potter.


Derek Shepard  : Um personagem encantador e charmoso   

Derek é um personagem que me causa um certo ¨sei lá entende ¨ kkkk. As vezes acho ele o máximo, as vezes acho ele um mala, mas uma coisa é fato... ele e Meredith são perfeitos um pro outro... por isso quando tudo aconteceu com ele, fiquei sim arrasada... Mas ele é  fofo e encantador. Então pra associar um belo personagem literário ao Dr. Neuro, pensei muito porque não sou muito fã de personagens ¨fofos¨, gosto dos altos e baixos dos personagens, gosto de personagens com personalidade, mas um personagem que eu adoro, é fofo, é bom caráter, é charmoso, e apesar de ser um jovem rapaz e crescer muito  durante a historia ( tanto na idade como na mentalidade rrss) , escolhi Lucas Landon Maxfield, da série Contornos do Coração. um YA muito lindo e sim, fofo de se ler e conhecer.



Alex Karev : Um Personagem que você odiou no incio mas agora gosta   

Karev sim é My Person... eu adoro ele, e se eu disser que não gostei dele no inicio, mentira, porque eu gosto dele desde o começo, mesmo quando ele agia feito um canalha idiota eu gostava dele, porque gosto da sinceridade dele...ele não esconde quem e o que ele é. E pra mim um personagem equivalente ao Karev é o Hardin Scott da Série After. Hardin é  aquele personagem que quem gosta, ama, e quem não gosta, odeia. Ele é um canalha, fdp, cretino, mau carater as vezes, mas eu confesso que adoro ele, e pra mim ele é total e complemente incompreendido. De acordo com uma amiga, Hardin seria um forte candidato à estudos da mente humana kkkk, porque ele tem uma mente boaaaaaa pra investigação tipo CSI mesmo kkkkk,



Lexie Grey : Um Personagem sabe de tudoooooo rs  

Eu queria tanto, mas tanto que a Lexie tivesse continuado na série... ela merecia mais oportunidades de mostrar a que veio, porque eu adorava ela, mesmo. Mas uma coisa é fato, Lexie era a verdadeira Lexiepédia kkk, a diacha da mina sabia muito, inteligente, estudiosa, dedicada. Então pra equiparar Lexie com um personagem literário eu escolhi Sir Hercule Poirot, sim porque o velhinho sabe tudoooooooo rrss... Esse é meu livro favorito da Rainha do Crime Agatha Christie, mas sou apaixonada mesmo pela inteligencia do Belga rrss,...



Mark Sloam  : Personagem sexy, sexy e maissss sexy   

Ai gente, que dó ... são muitossssss... Lembrando que essa pessoa que vos escreve, lê muito romance, muito livro hot, então todos os personagens que leio são meio Mark  Sloam kkkkkk. Mas pensei no primeiro personagem que me trouxe pra esse mundo no NA. Romance eu sempre li, mas romance erótico, cheio de pegada, foi Grey, Christian Grey que me fez conhecer rrss.



Miranda Bailey : Personagem meio nazista ( sqn) severa, mas que por dentro é um amor. 

Eu amo a Bailey, ela é tudo num personagem só. É amorosa, é justa, é profissional, é mãe, é sofredora, mas acolhe como ninguém e manda cada um caçar o que fazer à sua própria maneira kkkk. O personagem literário que eu escolhi pra se equiparar à Miranda, não é um nazista, não é um general, mas ele é sim determinado, focado, quer muito que as coisas funcionem do jeito que ele planeja e eu sou muito, perdidamente apaixonada por essa série, por isso escolho Corte de Espinhos e Rosas, e Rhysand, o melhor personagem de todos os personagens ever


Callíope Torres ... a Callie : Personagem feminina forte e destemida  

Eu adorava a Callie. Toda romântica, querendo o que todo mundo quer, um amor que te faça suspirar, uma profissão que voce seja reconhecida, um amigo ou amiga que te entenda,  uma familia que te faça feliz. E quando pensei numa personagem de livro pra esse tópico, pensei na Katniss Everdeen ... Eu adoro a Trilogia dos Jogos Vorazes, e acho a Katniss destemida ( mesmo quando ela ta sim com medo, ela encara), acho- a determinada, e apesar de não ter gostado muito do final do terceiro livro, ela é sim uma personagem que a gente pode se inspirar.



Richard Webber : Personagem que manda em tudo   

Que fique claro, Richard mandava em tudo ta gente, nessas ultimas temporadas ele não ta conseguindo mandar nem nele mesmo kkkkkk... Mas baseando-me nas primeiras temporadas, que ele era o Boss da coisa toda, Então pensei num Boss,  CEO, fodão, dono da bagaça toda, que faz o que quer e do jeito que ele quer.. Gideon Cross e toda sua intensidade... Apesar da Silvya Day ter cagado nos últimos dois livros, essa série começou e foi indo muito bem, mas depois, infelizmente, estragou... ainda assim, é uma das minhas séries favoritas e ele é sim um mandão rrss.



Owen Hunt  :  Personagem que já sofreu algum trauma físico ou psicológico  

Eu adoro o Owen, mas acho ele um injustiçado, coitado rrss. O homi sofre viu gente. Foi pra guerra, viu de um tudo, perdeu não um mais dois grandes amores, a amiga, a irmã ( e nem to falando de morte viu ), porque se a gente contar as mortes, papai,  ele sofrerá mais ainda. A cardio, aquela lá sabe, que ja mencionei, não foi boa pra ele ( apesar dela e de muita gente achar que foi rrrss ), ai tem Amélia, Teddy, tudo na mesma loucura e volta dele... esse sim sofre mas ta lá , de pé, sobrevivendo. Então pra finalizar e mencionar um personagem que seja mesmo que um pouco parecido com o Owen eu escolhi meu amado Jean Valjean, do livro amado, idolatrado Os Miseráveis, porque o coitado sofre, come o pão que o diabo amassou, passa anos e mais anos sofrendo, mas não sucumbe, nunca. Ta ali, sempre em pé, tentando. E eu me tornei uma apaixonada por essa obra e esse personagem.



Eu adorei responder essa TAG, unindo duas coisas que eu AMO... Ler e ver Séries. e Greys é uma das minhas séries favoritas da vida.

Até a próxima !!!!