Seguidores

sexta-feira, 24 de maio de 2024

O Aristocrata - Penelope Ward

Mais uma delicinha de leitura da minha autora favorita pra sair de ressacas literárias 

Adorei conhecer a historia da Felicity e do Leo. 

Ele um aristocrata ingles passando ferias nos Estados Unidos, ela uma tipica americana que adora seu ugar, seu bairro, seu pais. 

Quando Leo e seu primo Sig resolvem conhecer o mundo antes dele assumir seu papel na familia, ele conhece Felicity, e quase acontece um amor  a primeira, porque a paixão acontece. A quimica tambem 

E apesar de Felicity relutar muito em entregar seu coração ( e corpo ) pro Leo, o inevitavel acontece, eles se apaixonam perdidamente. 

Mas apesar de todo essa paixão e dos sois terem certeza que querem ficar juntos, a vida esta chamando Leo pro seu lugar e ele precisa ir embora. 

Cinco anos se passam e eles se reecontram  mas nada mais pode ser como antes. E confesso que quando esses cinco anos passaram eu fiquei com o coração apertado com esse reencontro, porque pensei o que sera que vai acontecer, claro que eu imaginava um final feliz, e o final foi lindo

Agora chorei de verdade com a historia do Sig, um ¨fanfarrão ¨desbocado daquele sofreu demais, tadinho, que historia mais triste ele viveu 

Eu sou fã demais da Penelope, ela consegue tirar choros e sorrisos num mesmo capitulo, dentro de uma mesma historia e quase numa mesma cena. 

Leitura simples, mas uma delicia 

 




Sinopse : www.skoob.com.br 

Da autora best-seller do New York Times, Penelope Ward, chega um novo romance independente.

Aquele que partiu. Toda garota tem uma, certo?
O meu era um charmoso aristocrata britânico que virou meu mundo de cabeça para baixo em um verão.
Desde o momento em que avistei Leo à distância através do meu binóculo, fiquei cativado. Eu certamente nunca esperei encontrar um homem tomando banho fora da propriedade do outro lado da baía em seu terno de aniversário.
Então notei seu colega de casa olhando para mim com seus próprios binóculos - me observando observando Leo.
Isso foi um ponto de partida interessante para uma conversa quando inevitavelmente os encontrei.
Acontece que os belos britânicos só estavam alugando aquela casa durante o verão na minha cidade litorânea.
Leo e eu formamos uma conexão instantânea, apesar de sermos tecnicamente opostos ao que tudo indica. Eu o ensinei a procurar mariscos e ele me ensinou que nem todos os caras ricos e poderosos são pretensiosos.
Apesar de saber que ele era totalmente errado comigo, eu não conseguia ficar longe.
Foram alguns meses selvagens e loucos. E antes que eu percebesse, nós nos apaixonamos.
Nós dois tínhamos um desejo: mais tempo juntos.
Mas Leo tinha obrigações em casa. Ele viveu uma vida na qual eu nunca me encaixaria. E eu estava indo para a faculdade de direito. Então, decidimos acabar com isso e nunca mais olhar para trás.
Uma parte de mim sempre sentiu que deixaria minha alma gêmea ir embora.
Eu acreditava que nossa história havia acabado.
Até cinco anos depois, quando ele me enviou uma carta que me abalou profundamente.
Eu pensei que meu mundo estava virado de cabeça para baixo naquele primeiro verão?
Bem, eu não sabia de nada ainda.


sexta-feira, 17 de maio de 2024

Capitães de Areia - Jorge Amado

Então.... não sei dizer em que nivel esse livro me desagradou, eu gostei de ter lido, mas não achei sensacional como muitos acham. Vou tentar focar mais no que gostei do que no contrario rrss

O que mais me cativou nessa leitura foi a escrita do Jorge Amado. Falei em alguns historicos do Skoob que ler esse livro me lembrou muito minha avó, que era baiana e usava muitos dos termos que li aqui, e isso me fez sentir aquela saudade da veinha que ja não ta mais entre nós, então só por isso eu ja fiquei muito feliz 

Mas a historia, ou historias em si não me fizeram suspirar de amor pelo conteudo desse livro. Teve um unico conto ( O do Carrossel que me fez ficar de coração apertado, mas só esse ). E claro  quando no final vamos lendo o que vai acontecendo com cada um dos integrantes dos Capitães de Areia 

O livro foi escrito em 1937, foi proibido em alguns momentos da nossa historia porque sim, mais real  e atual impossivel e ninguem quer que alguem aponte o dedo pros defeitos que estão debaixo dos nossos narizes, e aqui a incompetência do estado, dos órgãos publicos ficam muito evidente.

E justamente enquanto tava lendo esse livro, vi uma historia de um menino de 12 anos, pobre, que tinha perdido a mãe pra uma doença terminal, chorando, contando sua historia pra se tornar barbeiro, que queria estudar, mas que ninguem cortava cabelo com ele por ser muito menino, então um barbeiro adulto viu e se comoveu com seu esforço, sua historia e proporcionou material, cursos pra esse menino de 12 anos, que nesse momento precisava ser criança, assim como os Capitães de Areia, mas tava querendo ser honesto, trabalhador, se esforçar pra dar orgulho pros pais ( a mãe morta e o pai ainda vivo e trabalhador ). Então acho que essa historia me deixou mais comovida do que a dos meninos daqui. 

Não to desdenhando, menosprezando porque afinal quem de nós não sabe o que acontece com esses meninos, abandonados pela familia, excluidos pela sociedade, que muitos deles só querem amor , atenção, carinho, mas o que me incomoda e que esse ¨jeito menos dificil ¨e lidar com as coisas. 

Quando terminei  o ultimo conto, e fui ler o Posfácio do Milton Hatum, pensei, é exatamente isso, não sei se todas as edições tem esse Posfacio, mas pra minha sorte, essa minha edição tem, e concordo muito com o que ele escreveu ali, então vou parar por aqui, e deixar que cada um que ler, tire suas próprias conclusões, afinal a beleza da literatura é essa né.  




Sinopse : www.skoob.com.br 

Capitães da Areia, a história crua e comovente de meninos pobres que moram num trapiche abandonado em Salvador, é talvez o romance mais influente de Jorge Amado. Clássico absoluto dos livros sobre a infância abandonada, assombrou e encantou várias gerações de leitores e permanece hoje tão atual quanto na época em que foi escrito.


Desde o seu lançamento, em 1937, Capitães da Areia causou escândalo: inúmeros exemplares do livro foram queimados em praça pública, por determinação do Estado Novo. Ao longo de sete décadas a narrativa não perdeu viço nem atualidade, pelo contrário: a vida urbana dos meninos pobres e infratores ganhou contornos trágicos e urgentes.

Várias gerações de brasileiros sofreram o impacto e a sedução desses meninos que moram num trapiche abandonado no areal do cais de Salvador, vivendo à margem das convenções sociais. Verdadeiro romance de formação, o livro nos torna íntimos de suas pequenas criaturas, cada uma delas com suas carências e suas ambições: do líder Pedro Bala ao religioso Pirulito, do ressentido e cruel Sem-Pernas ao aprendiz de cafetão Gato, do sensato Professor ao rústico sertanejo Volta Seca. Com a força envolvente da sua prosa, Jorge Amado nos aproxima desses garotos e nos contagia com seu intenso desejo de liberdade.

segunda-feira, 13 de maio de 2024

O Segredo de Colin Bridgerton - ( #4) - Julia Qhuinn

Mais um Bridgerton pra conta. Dessa vez conheci a historia de Colin, o bom vivant , viajante , que tem fama de festeiro ( principalmente de acordo com Lady Whisteldown ) 

Quando Colin aparece nos outros livros ( anteriores ) a gente percebe aquele rapaz que não quer ficar preso a absolutamente nada, naquele momento ele só quer ser solteiro, feliz, viajar e aproveitar seus momentos onde Violet, sua mãe ainda o deixou no  esquecimento, ela ainda tem outros filhos pra casar. 

Os anos se passam e agora com 33 anos Colin volta de uma viagem com a certeza de que Violet finalmente vai cumprir seu melhor papel,  de mãe casamenteita 

Penelope é uma fofa, desde o primeiro livro, onde ela ainda é uma adolecente de 17 anos, mesmo acima do peso, vestindo as piores combinacões de  roupa que sua mãe lhe impoe, ela vai se mostrando muito inteligente e espirituosa. E sua amizade com Eloiza Bridgerton vai amadurecendo ate que aqui as duas ja são inseparáveis. 

Ambas com 28 anos, certas de que serão solteironas pra sempre, até que Colin um dia a enxerga de verdade. 

Eu não me lembro em qual livro anterior, mas me embro perfeitamente de uma cena onde Penelope ainda mais jovem, escuta Colin falando pros irmãos Benedict e Anthony (<3) que ele não se casará com Penelope, nem hoje nem nunca e ela escuta, mas como é uma moça muito esperta, da-lhe uma boa resposta e segue em frente, mesmo de coração partido, porque seu coração tem um só dono desde os 17 anos, mesmo que ele não saiba

Colin é um fofo, engraçado, apaixonado e quando finalmente passa a enxerga-la é lindo demais a interação deles. 

Nos outros livros eu detestava Lady Danburry, aqui eu tive vontade de abraça-la a cada nova aparição, a velhinha e demais. 

E esse final foi demais de lindo, Colin todo orgulhos de sua linda esposa, todo apaixonado e romantico

Ahhhh, e  por ultimo, mas não menos importante, finalmente aqui descobrimos quem é Lady Whisteldown ( claro que pra quem nao viu a serie como eu, porque ja sei que eles estragam a surpresa logo na 1a. temporada, e eu tinha fortes desconfianças de quem era no final do primeiro livro, e até ter eesa certeza confirmada pela filhota eu fiquei entre 3 pessoas rrss  ) 

Vamos ver o que Eloisa vai aprontar no próximo !!




Sinopse : www.skoob.com.br 

Há muitos anos Penelope Featherington frequenta a casa dos Bridgertons. E há muitos anos alimenta uma paixão secreta por Colin, irmão de sua melhor amiga e um dos solteiros mais encantadores e arredios de Londres.
Quando ele retorna de uma de suas longas viagens ao exterior, Penelope descobre seu maior segredo por acaso e chega à conclusão de que tudo o que pensava sobre seu objeto de desejo talvez não seja verdade.
Ele, por sua vez, também tem uma surpresa: Penelope se transformou, de uma jovem sem graça ignorada por toda a alta sociedade, numa mulher dona de um senso de humor afiado e de uma beleza incomum.
Ao deparar com tamanha mudança, Colin, que sempre a enxergara apenas como uma divertida companhia ocasional, começa a querer passar cada vez mais tempo a seu lado. Quando os dois trocam o primeiro beijo, ele não entende como nunca pôde ver o que sempre esteve bem à sua frente.
No entanto, quando fica sabendo que ela guarda um segredo ainda maior que o seu, precisa decidir se Penelope é sua maior ameaça ou a promessa de um final feliz.

Em "Os segredos de Colin Bridgerton", quarto livro da série Os Bridgertons, que já vendeu mais de 3,5 milhões de exemplares, Julia Quinn constrói uma linda história que prova que de uma longa amizade pode nascer o amor mais profundo.

sexta-feira, 10 de maio de 2024

Rede de Mentiras - Jas Silva

Mais um da Jas Silva e gostei muito, apesar de nem de longe ter sido o melhor dela que ja li. 

A Jas escreve muito bem, sua escrita é envolvente, mas achei esse um tantinho fraquinho perto dos outros que ja li dela. Talvez pelo fato de ser mais antigo e com toda certeza a escrita da autora ter amadurecido ao longo dos anos, ( principalmente porque li alguns dos ultimos que ela escreveu, então a gente percebe claramente a mudança e maturidade na escrita ) 

Aqui conhecemos Vicente e Maitê, eles se conhecem desde a adolescência e se  apaixonam, mas uma clara armação faz Vicente sair de cena e Maitê se casar com o irmão cafajeste dele, Otavio ( criatura odiosa ) 

Anos se passam e Vicente se ve obrigado a voltar pro lugar onde ele jurou que nunca mais voltaria, sua cidade, a casa do seu pai e a vida do seu irmão e a mulher que ele ama.

A unica coisa que me irritou nesse livro foi a falta de conversa, porque de resto tudo pra mim é ¨entendível ¨ (rs), mas a falta de comunicação entre Maitê e Vicente nos dias atuais me irritou, dava a maior vontade de gritas na cara dos dois, se expliquem por favor rrss. 

Quando mais jovens e a merd@ toda aconteceu eu até entendo a falta de comunicação, mas 9 anos depois e eles ainda não conseguem ser maduros e sentar pra conversar, é simples, bora sentar aqui e conversar pq ficar, ai deixa pra la, ai voce não entende, isso sim é irritante. 

Fora isso, gostei da historia, gostei do final e só achei que Otavio tinha que ter ganho  uma bela lição, o que ele sofreu não foi nem morno perto do que ele fez Maitê sofrer. 

A Jas aborda um tema bem pesado que sempre mexe com a gente, a violência domestica, descrita sem exageros mas com muito entendimento de quem ta lendo

Mais um pra lista de lidos da dona Jas, e eu gostei muito !!! 



Sinopse : www.skoob.com.br 

Maitê.
Usada. Como peão em um tabuleiro de xadrez.

Antes de conhecer a minha história, você precisa saber que foi a perda dele que me transformou na mulher que sou hoje. Você também precisa saber que não me foi dada escolha, pelo menos, não até o dia em que o bom filho à casa tornou. Para o alívio do meu esposo, irmão de Vicente. E para o meu desespero, que me vi obrigada a estar cara a cara, outra vez, com o único homem que amei na vida.

Vicente.
Traído. De uma maneira que nunca pensei ser possível.

Eu não desconfiei, sequer esperei receber um golpe tão duro e sórdido ao mesmo tempo. Nove anos após perder a namorada para o meu próprio irmão, eu estou de volta. E eu não vim para perdoar os corações culpados.
Eu vim para obter a minha vingança.

segunda-feira, 6 de maio de 2024

Incendeia-me (Estilhaça-me #3) - Tahereh Mafi

 Agora sim eu adoreiiiiii !!!!

O primeiro livro foi bom, 1.5 e o 2.5 uma encheção  de linguiça sem fim, o livro 2 uma chatice só coma Juliette reclamando de tudo, oh vida, oh ceus oh azar, ninguem me ama ninguem me quer, que eu só pensava, ai jzuis, será que ela não melhora, será que vai assim até o final, e graçassssss aos ceus ela melhorou. 

Kenji ainda continua sendo o melhor personagem da serie, e to adorando o James tambem, todo perguntador, todo curioso e apesar dos ¨seus quase 12 anos ¨ ( é assim que ele fala ) , ele é muito esperto. 

Nesse livro tem tanto acontecimento, tantas revelações, que a gente fica contando os minutos pelas proximas páginas... e pra mim valeu cada minuto que li, porque aquela Juliette chata e cheia de ¨eu não posso, eu não consigo¨ficou bemmm pra tras

Minhas cenas favoritas eram sempre com Kenji, mas as cenas do Warner, o coração aberto dele, as intenções dele sempre tão claras, e a dor dele ao receber a noticia da mãe, foi de doer na gente porque deu muita pena dele, de verdade

E eu passei de ¨não gostar nenhum pouco dele, a torcer por cada minuto por ele, quando ele aparece, e de verdade ja queria pegar o proximo livro so pra saber o que vai acontecer. 

E Adam, não consigo sentir raiva dele, acho ele chato muitas vezes bem grosseirão principalmente com relação a Juliette, mas não consigo ficar com raiva. Ele ta sofrendo, mas mostra um certo egoismo por achar que tudo se resume à ele, e gostei muito quando ele finalmente entendeu que Juliette não é mais a mesma que ele conheceu. 

Tahereh é boa, a historia é boa, envolvente, e apesar de achar que são muitos livros pra uma serie simples, ela é bem escrita e to roendo as unhas pra saber o que vem agora, pro Restabelecimento, pro povo, e pros amigos da Juliette.




Sinopse : www.skoob.com.br 

Juliette Ferrars continua em sua saga de autodescorberta nesta eletrizante sequência da série Estilhaça-me

Todos aqueles com quem Juliette já se importou podem estar mortos. A guerra pode chegar ao fim antes de sequer ter começado. Ela é a única resistência no caminho do Restabelecimento e sabe que, para sair viva, o Restabelecimento não pode viver.

Todavia, para derrubar o sistema e o homem que quase a matou, Juliette precisará da ajuda justamente de uma pessoa em quem pensou que jamais poderia confiar. E, conforme a dupla trabalha junto para derrubar o inimigo, ela descobre que tudo o que pensou saber – sobre Warner, sobre suas habilidades e até mesmo sobre Adam – estava errado.

sexta-feira, 3 de maio de 2024

The Viper ( #3 Prison Camp ) - JR Ward

Há algum tempo que os livros da Ward já não me causam tanto frisson quanto me causavam logo que comecei a ler os livros dela. O último livro dela que me empolguei demais, vibrei e adorei foi A Escolha , depois disso não consegui mais ficar do mesmo jeito, to achando tudo muito cansativo, as vezes repetitivo e sem aquele encanto do começo. 

O Jackal e o Lobo dessa série eu ate que gostei, e gostei mais do que desse aqui, porque achei que a historia do Kane ficou faltando muita coisa, que historia é essa da víbora que não ficou explicada, tudo bem que a da Nadia ate que entendemos bem, mas faltou e muito na de Kane. 

Um pouquinho do Vishious e da Pane, do Butch mas ainda assim não deixou o coração cheio de felicidade pra ler mais. 

Apex e Callum deixaram um gostinho e uma vontade de ler mais sobre eles, mas como tenho me decepcionado ultimamente com os livros e as historias de Ward, quero sim ler, mas nao vou criar nenhuma expectativa, não mesmo 




Sinopse : 

O terceiro livro série Irmandade da Adaga Negra: Prison Camp  do autor best-seller número 1 do New York Times, J.R. Ward.

Terrivelmente ferido depois de salvar um de seus companheiros de prisão, Kane não consegue evitar de se apaixonar pela enfermeira que supervisiona sua convalescença. Mas com os dois presos no famoso campo de prisioneiros e sua saúde em jogo, Kane sabe que não sobreviverá por muito mais tempo. Porém, quando uma chance de libertação vem de uma fonte inesperada, ele jura libertar seu amor, não importa o custo, mesmo que não consiga sair vivo.

Livros Lidos - Abril

 Mais um mês pra lá de produtivo por aqui 

Li bons livros, terminei As Cronicas de Gelo e Fogo  e já tô ansiosa pra ler as continuações de novas séries que comecei  




Vamos à lista : 


  1.  O Peso do Pássaro Morto   – Aline Bei   
  2.  A Dança dos Dragões #5 As Cronicas de Gelo e Fogo – George RR Martin
  3.  Bela Jogada – Penelope Ward e Vi Keeland
  4.  O Principe Cruel ( #1 O Povo do Ar ) – Holly Black
  5.   By Fenzy I Ruin – ( #5 Sins of the Father ) – Cora Reilly
  6.    Se não fosse você ( releitura ) – Colleen Hoover
  7.   Eu sou Eric Zimmerman ( releitura ) – Megan Maxwell
  8.   A República do Dragão - #2 – R.F. Kuang


sábado, 27 de abril de 2024

A República do Dragão - #2 A Guerra da Papoula - R.F. Kuang

 Que delicia de leitura... Tantas aventuras, tantos acontecimentos, e quando a gente tem certeza de que uma coisa é certa, não é ...rs

Falei nos meus historicos de leitura do Skoob que a gente tem certeza de que um personagem moreu, não morreu.... um que é bom, não é, um que ta vivo, não, tá morto e por ai vai

Mas confesso que diferente do primeiro, esse livro me deixou com ranço da Rin em muitosssss momentos, porque ela me irritou tantas vezes, primeiro por sua carência/culpa com relação al Altan, chatice maior não há com ela sonhando , pensando, falando e desejando Altan o tempo todoooooo ( chata pa carai ) ... Depois porque ela acredita em todo mundoooooo, gente, ela não aprendeu não. Aquele Vaisra nunca me enganou, e ela brigando com Chagan toda santa hora de dava vontade de sacudir ela. 

Fiquei triste demais cm os acontecimentos com Qara, Ramsa e todos do Cique, porque tinha que acontecer tudo aquilo, e de uma certa maneira o fato de Rin acreditar em tudo e em todos fez com que todos os acontecimentos fosse um pouco de culpa dela sim. 

Agora pra mim, a merd@ foi declarada com a atitude de Nesha, eu podia jurar que ele era confiável, que ele seria perfeito pra Rin, que eles seriam perfeitos juntos em todos os sentidos, principalmente quando ela descobre a habilidade que ele tambe tem, mas ai toda aquela cagad@ acontece e ele mostra um lado que eu não gostei nadica de nada. 

Fiquei triste demais com a extinção dos membros do Cike, porque eles eram tão legais, e agora que quase todos eles morrerm ( o que foi aquela morte do Ramsa, ele era tão legal ) quero ver o que teremos no terceiro livro 

Resumindo ... eu adorei o livro, achei lento em alguns momentos mas quando as coisas aconteciam, o ritma era bem alucinante, Kitay se tornou meu personagem favorito do livro inteiro, detestei Rin quase o livro inteiro ( ela ta muitooooo chata e cheia de carência em excesso pro meu gosto, ela ainda não entendeu que só porque alguem mostra os dentes pra ela esse ser não o torna 100% confiável , porr@), o final me deixou ansiosa pra saber o que vem no terceiro livro, e Nestha foi a maior decepção nesse livro ( eu detestava ele no começo do primeiro livro, comecei a gostar dele no final, nesse livro ele foi me conquistando e quando chegamos naquela cena e ele mostrou o quão fdp ele é, eu queria estrangular ele junto como pai e a mãe dele afff ) 

o negocio agora é respirar pra começar o terceiro livro !!




Sinopse : www.skoob.com.br 

Na sequência da série best-seller A Guerra da Papoula, Rin precisa lidar com as consequências de seus atos enquanto constrói uma aliança para destruir o Império

No Império Nikara, a guerra é o início e o fim de tudo, e a paz é apenas uma ilusão. A vitória na Terceira Guerra da Papoula foi garantida e o inimigo foi derrotado, mas as doze províncias estão afundadas em miséria, matança e destruição, prontas para retomar antigas rivalidades em conflitos locais por poder. A nação pode ruir a qualquer momento, e a esperança de salvá-la reside, mais uma vez, em uma única pessoa: Fang Runin.

Rin. A guerreira que salvou o Império. Que cometeu atrocidades inimagináveis. Que usou seus poderes xamânicos para varrer a Federação de Mugen do mapa. À noite, os gritos de suas vítimas não a deixam dormir. Para aliviar a culpa sufocante que sente e deter o fogo e a fúria da Fênix dentro de si, ela se entrega ao vício em ópio.

Embora não veja mais sentido em viver, Rin se recusa a morrer antes de se vingar da Imperatriz, a mulher que traiu a nação. Para isso, a jovem une forças com o poderoso líder da Província do Dragão, que planeja conquistar o Império, depor a governante e criar uma nova república.

Em meio a maquinações políticas, negociações militares e conspirações, Rin não sabe em quem confiar, mas tem certeza de que uma nova guerra se anuncia. E, dessa vez, a Fênix terá uma oponente à altura.

No segundo volume da trilogia best-seller A Guerra da Papoula, R.F. Kuang mostra novamente por que se tornou um dos nomes mais importantes da fantasia atual, trazendo elementos da história militar chinesa em uma trama sombria e incendiária sobre poder, loucura e as consequências devastadoras da guerra.

quinta-feira, 18 de abril de 2024

By Fenzy I Ruin #5 Sins of the Father - Cora Reilly

 Senta, mas se acomoda porque essa resenha vai ser longa... rs

Vou tentar começar do começo, mas minha cabeça ta fervendo por conta desse livro. 

Quando ele saiu ( ficamos mais de 1 ano na expectativa pela historia do Nevio, e ele sempre foi Nevio né, desde pequeno, então a gente criou a maior expectativa) , todo mundo que acompanha a série ficou doida pra ler, tinha acabado a espera, ai começaram a sair resenhas na gringa e por aqui e a palavra que mais li em todasssss as resenhas que li foi BOST@, que bost@ Cora fez aqui, que merd@ Cora fez com Nevio, os personagens principais são secundários, aparecem pouco, e a historia do filho que não é de um é só do outro ( isso é spoiller então só quem leu entendeu rrss ) e lendo esse monte de coisa negativa eu fiquei até com medo, confesso. 

Sim eu senti medo, porque quando começei a ler a série me apaixonei por Luca e pela Mafia de Nova York, ai veio a Camorra, e literalmente cai de amores por Remo e sua Familia ¨zuada ¨rs, vibrei com cada novo sorriso do Dante pra Valentina, fora a historia de Cara, Liliana, só a chata da Gianna que nunca simpatizei, mas o Matteo compensa em tudo, rs, 

Então depois de uma hiato enorme Cora mandou o livro do Savio, e eu quis matar Cora, porque ela acabou com todos os sonhos das leitoras ansiosas pelo mais sacana dos Falcone, ele tinha tudo pra ser um livrão, Savio era tão falado nos livros do Nino e do Remo, ai quando o livro dele chegou eu quase chorei de raiva, porque foi uma decepção tão grande que desanimei. 

Ai veio o livro do Ádamo, e li por ler porque depois da frustração com Savio, minhas expectativas estavam zeradas com relação ao caçula dos Falcone, tanto que não faço questão de me lembrar de nada da historia do Adamo, foi uma leitura só pra cumprir tabela sabe. 

E pra nossa alegria ( ou não rrss ) Cora começou a escrever sobre os filhos, eu torci muito o nariz porque pensei é serio, ela não cansou depois de deixar os mais malvados da máfia parecendo uns ursinhos, ainda quer mais ....e jurei que não ia ler, masssss cai na besteira de ler o livro da Marcella e cai de amores de novo, agora fico contando os minutos pros próximo ( tonta eu rrss ) ( que venha Massimo e Alessio ) 

Agora falemos de Nevio e Aurora. Eu não me decepcionei em absolutamente Nenhum momento desse livro. Fiquei put@ com Névio o tempo inteiro, sim, achei a Aurora molenga o tempo inteiro, sim, fiquei nervosa porque eu sabia que Remo e Fabiano iam brigar mas eu não queria , fiquei e muito, mas gente, a Cora não fez nada que a gente não soubesse. 

Névio sempre foi mimado, imaturo, irresponsável e que se achava acima do bem e do mau, pelo fato de ele nunca ter tomado uma coça ele sempre achou que podia tudo, então pra mim zero surpresa nesse quesito 

Aurora é uma mulher de familia de Mafia gente, pai controlador, cheia de regras e normas pra cumprir e viver, toda tímida , mas tambem apaixonada, não vou ficar dissecando o comportamento dela aqui porque não dissequei o comportamento de nenhuma delas, claro que muita coisa que ela faz a gente não concorda e não faria, mas todas, absolutamente todas as mulheres dessa série da Cora passam pano com glitter pros seus malvadões, porque com Aurora tinha que ser diferente. 

Ta que a ¨ redenção ¨ do Nevio foi muito rápida, 1 ano foi pouco pro tanto de coisa e de merd@ que ele sempre fez, mas ele mesmo diz isso, que ele continua sendo o lobo por debaixo dessa pele que ele tem, então novidade zero, massss que Aurora faz ele querer ser um pouquinho melhor ( de boa intenção o inferno ta cheio a gente sabe rrss ). 

Então pra resumir tudo : 

- Não acho que ela estragou o livro

- Não acho que os personagens principais ficaram pra segundo plano 

- Não acho que ela surpreendeu em nada com a personalidade do Nevio 

- Não  achei nada demais o tal filho que apareceu que fiquei morrendoooo de medo de ser um plot bost@ ( pra mim não foi ) 


Pra mim ( ate agora ) nenhum livro da Cora foi mais decepcionante que o do Savio, nenhum superou no quesito expectativas altas, realidade frustrante, por isso, nada do que li aqui me decepcionou 

Eeeeeeee fiquei com os olhos cheios de coração com aquele pedido de casamento rrss ( ja falei, sou pisciana rrss ) 

Alem do mais, to contanto os minutos pelo livro do Massimo e da Carlota eeee do Alessio e da Isa ( viram como sou mesmo tonta rrs ) 





Sinopse : 

Aurora Scuderi passou sua infância e adolescência fazendo uma coisa - amar Nevio. Até um momento fatídico, ele parte o coração dela sem pensar duas vezes. Deixando Aurora com o coração partido sangrando nas mãos. Fugir de Las Vegas é a única maneira de Aurora se curar - esqueça Nevio e aquela noite. Mas um homem como Nevio não pode ser sacudido tão facilmente. O caçador nele foi despertado.

Nevio Falcone é escuridão. Ele escoa de seus poros. É onde seu monstro sai para jogar para satisfazer seus desejos. Até que ele comece a desejar algo além da carnificina: a única mulher que ele não deveria perseguir - Aurora.

O que Nevio anseia, ele estraga. Ele disse a ela para manter distância. Agora é tarde demais para fugir. Consequências sejam malditas.

quinta-feira, 11 de abril de 2024

O Principe Cruel (#1 O Povo do Ar ) - Holly Black

 Comecei esse livro não gostando muito da historia e nem dos personagens, achei Cardon um chato, Jude uma molenga e Taryn uma boba invejosa, mas chegando na metade ate o final eu só queria devorar mais e mais rrss 

Nunca tinha lido nada da Holly Black, e como tinha visto que muita gente não gostou muito desse livro, fiquei meio com receio. Mas a filhota leu e falou que tinha gostado, então la fui eu. 

Achei o começo bem chata e demorei uns 2 dias pra engrenar, mas depois que consegui começar a entender sobre o que estava lendo, a leitura fluiu tão bem que não queria mais parar , e quando chaguei no Epilogo, queria que ainda tivessem uns capítulos à mais rs

Quando Jude e suas irmãs vão pro Reino das Fadas tudo o que ela sente é medo e raiva, e à medida que os anos se passam ela continua do mesmo jeito, mas agora ao invés dela ficar em casa debaixo das cobertas, ela resolve encarar seus medos saindo de casa, indo pra escola, encarando seus inimigos, mas mesmo com muito medo de tudo, ela não se permite não viver. 

Seu maior sonho é ser Cavaleira da Guarda Real, mas a vida coloca outros planos no seu colo e ela é obrigada a aceitar sua nova condição porque ela tem certeza que só assim ela podera mostrar seu valor. ( Só a partir desse ponto em que ela resolve que nunca mais quer ser essa menina fraca e medrosa é que o livro começa a ficar bom e eu comecei a gostar, porque sinceramente tava me irritando de verdade a chatice do Cardan e seus amigos idiotas e o jeito de deixar pra la de Taryn e Jude) 

Quando Jude finalmente passa a ser o que Dain a escolheu pra ser e ela conhece Barata, Fantasma e  Bomba, ai que as coisas ficam realmente boas. 

À medida que ela vai traçando seus planos, amarrando tudo direitinho e que ela mostra o que ela quer verdadeiramente naqueles ultimos capítulos e vibrava e só pensava ai sim, isso é uma mocinha que eu adoro ler rrss. 

Aquele final, o que ela faz Oak fazer com a ajuda de sua irmã Vivi foi demais. Eu achava Taryn chatinha, mas ate que gostava dela, mas depois do que ela fez com Jude, não gosto mais não e o mala maudoso do Madoc que só se fez de bonzinho depois de ter acabado com a vida das tres irmãos, mas que finalmente se mostrou, achei odioso ( se bem que pelo poder muita gente faz o que a gente nem imagina e ele é uma dessas pessoas ) 

Quero só ver o que vem por ai e eu ADOREI como três novos amigos de Jude a nomearam, fez todo sentido...vamos ver o que Cardan vai aprontar com Jude e vice versa e só espero que Taryn e Locke fiquem bem longe do Reino das Fadas e da Corte do Novo Rei 




Sinopse : www.skoob.com.br 

Primeiro livro da mais nova série de Holly Black. Conheça a impressionante história de uma garota mortal que se vê presa em uma teia de intrigas reais.

Jude tinha 7 anos quando seus pais foram assassinados e foi forçada a viver no Reino das Fadas. Dez anos depois, tudo o que ela quer é ser como eles – lindos e imortais – e realmente pertencer ao Reino das Fadas, apesar de sua mortalidade. Mas muitos do povo das Fadas desprezam os humanos.

Especialmente o Príncipe Cardan, o filho mais jovem, mais bonito e mais cruel do Grande Rei. Para ganhar um lugar na Alta Corte, ela deve desafiá-lo... e enfrentar as consequências. Envolvida em intrigas e traições do palácio, Jude descobre sua própria capacidade para truques e derramamento de sangue.

Mas, com a ameaça de uma guerra civil e o Reino das Fadas por um fio, Jude precisará arriscar sua vida em uma perigosa aliança para salvar suas irmãs, e o próprio Reino. Com personagens únicos, reviravoltas inesperadas, e uma traição de tirar o fôlego, este livro vai deixar o leitor pedindo bis – querendo mergulhar de cabeça na continuação deste universo.

Bela Jogada - Vi Keeland e Penelope Ward

Depois de ler Aline Bei e George Martin, só minhas autoras café pra dar uma desanuviada nas ideias ne rrss

Bela Jogada é um daqueles livros que a gente lê numa sentada ( li em dois dias ), e a historia só da vontade da gente não parar de ler. 

Do jeitinho que eu gosto, com o ponto de vista dos dois, uma criança mega inteligente e bem humorada pra contrabalancear todas as situações e um final bem lindo 

Levi e Presley se conhecem desde crianças, cresceram na mesma cidade, ela namorou e foi noiva do seu único irmão,  mas a relação não deu certo e eles se separaram, mas a relação de Presley e Tanner deu frutos e Alex é um menino encantador, e seu tio Levi o adora. 

Quando Alex e Levi herdam o hotel do avo ( avo do Levi , bisavo do Alex ) Presley precisa voltar á sua cidade natal e lutar para manter o The Palm, Mas Levi tem outros planos e ele quer fazer dinheiro e vender o hotel falido. 

À medida que eles vão convivendo, Levi vai percebendo o quão dedicada e interessada Presley esta em manter o Hotel, ele aos poucos vai mudando de ideia em muitos sentidos.

Fiquei meio agoniada com o fato dele ser ex cunhado dela, mas a relação de Levi e Presley se torna tão solida que anão tem como não torcer por eles, e com Alex no meio fica tudo bem mais lindo. Ate Tanner dar o ar de sua graça ( se nenhuma graça pra falar a verdade porque o homi  é chato demais), e eu adorei as lições que o irmão teve que dar nele, mesmo com toda culpa que Levi sentia 

Ler essas duas é sempre diversão, risadas e muita paixão, e eu adoro !!!! 




Sinopse : www.skoob.com.br 

Das autoras bestsellers do New York Times,
Vi Keeland e Penelope Ward, chega um novo romance sexy.

Tudo começou com uma aposta.

Quando meu filho pequeno herdou metade da pousada histórica do seu bisavô, decidi me mudar com ele de volta para o lugar onde cresci.

Atente-se ao fato de que falei metade da pousada. A outra metade pertencia a Levi Miller, o famoso quarterback que tinha outras ideias sobre o que deveríamos fazer com a propriedade.

Nem vou mencionar que eu, acidentalmente, o machuquei na primeira vez em que nos encontramos, fazendo com que ele precisasse de oito pontos de sutura. Pode-se dizer que começamos com o pé esquerdo.

Nós dois passamos a morar na pousada, discutindo bastante ao tentar resolver as coisas.

Ele queria vender e demolir o lugar, que, admito, precisava de muito trabalho.

Eu queria reformar a pousada The Palm para retomar sua beleza original e reinaugurá-la.

Não conseguíamos concordar em nada. Então, Levi me fez uma proposta. Uma que ele tinha certeza de que eu iria perder. Se eu conseguisse lotar a pousada até ele ter que ir embora para voltar aos seus treinos no fim do verão, ele desistiria de tentar vendê-la e me deixaria gerenciá-la.

Mas, no decorrer das semanas, acabamos recebendo bem mais do que pedimos enquanto morávamos sob o mesmo teto.

Levi e eu ficamos mais próximos, e, quando me dei conta, minhas fantasias noturnas com o Adônis musculoso se tornaram realidade.

Sem contar que ele se dava muito bem com o meu filho.

Nosso envolvimento era muito complicado por mais de uma razão.

Ele não era somente o último homem da Terra que eu deveria querer por causa da nossa aposta; Levi também era o irmão mais velho do meu ex.

E agora a pousada era o menor dos meus problemas.

sexta-feira, 5 de abril de 2024

A Dança dos Dragões - ( #5 As Cronicas de Gelo e Fogo ) - George Martin

Esse foi o mais dificil de todos os cinco livros da serie pra mim . Apesar dos acontecimentos serem bem mais emocionantes, e cheios de reviravoltas, achei o livro mais cansativo e com muita informação que me deixou entediada, poderia ter passado batido 

Indiscutivelmente é um livro bom e mais maduro, os personagens estão cada vez mais envolvidos com seus problemas e suas batalhas. Meu favorito ever quase não aparece aqui. ( Tyrion ). Jon ta mais adulto do que nunca. Daenerys aqui não tem o mesmo encantamento pra mim que teve nos outros livros, eu achei ela quase apagada por conta do casamento, do Sor Barristan e todos os acontecimentos em Mereen. Arya e Sansa quase não aparecem por aqui , e mais do que nunca eu entendo o porque dos produtores da série terem dado um ¨fim ¨pra essa historia genial, afinal se depender do Sr George ainda demoraremos muito pra ter uma conclusão ( afinal desde 2011/2012 espera-se uma conclusão dessa histotia e nada ate agora ) 

A conclusão da serie pra mim fez muito sentido, porque os fatos levavam à todo aquele caminho de destruição, loucura. De verdade eu gostei do  final de todos os personagens, e lendo os cinco livros, muita coisa faz sentido. 

Esse livro tem muitos acontecimentos, Stannis, Jon, Cersei que só lasca a vida de quem a cerca, aquela Melisandre que eu detesto, Jon que deixou de ser um simples patrulheiro pra virar o Comandante da Patrulha, O Norte que ta mais do que caído que tudo ( coitados dos nortenhos ) . 

Eu amei tanto o primeiro e o terceiro livro que esperava ter amado esse, mas não amei, de verdade. Em muitos momentos achei a leitura cansativa. Demorei quase 4 meses pra finalizar o livro, e de verdade eu só queria um final, mas claro que isso não aconteceu. 

Temos muitaaaaaa coisa pra acontecer ainda. Andei lendo por ai que ainda terão 2 livros para conclusão dessa historia, mas sabe Deus quando ela será concluida 




Sinopse : www.skoob.com.br 

O Norte jaz devastado e num completo vazio de poder. A Patrulha da Noite, abalada pelas perdas sofridas para lá da Muralha e com uma grande falta de homens, está nas mãos de Jon Snow, que tenta afirmar-se no comando tomando decisões difíceis respeitantes ao autoritário Rei Stannis, aos selvagens e aos próprios homens que comanda. Para lá da Muralha, a viagem de Bran prossegue. Mas outras viagens convergem para a Baía dos Escravos, onde as cidades dos esclavagistas sangram e Daenerys Targaryen descobre que é bastante mais fácil conquistar uma cidade do que substituir de um dia para o outro todo um sistema político e económico. Conseguirá ela enfrentar as intrigas e ódios que se avolumam enquanto os seus dragões crescem para se tornarem nas criaturas temíveis que um dia conquistarão os Sete Reinos?

quinta-feira, 4 de abril de 2024

O Peso do Pássaro Morto - Aline Bei

 Esse é o puro suco de sofrimento, meu pai amado !!!! rrss

Que livro porrada, dolorido, intenso, mas tão bommmmm. 

Apesar de todo drama e dor contido aqui, eu não derramei uma só lagrima, mas como mulher, mãe senti tanta dor por essa personagem que sofreu tudo o que a gente pode imaginar e mais um pouco . O mais triste é que a gente não consegue imaginar que tudo de tão duro, ruim, sofrido vai mesmo acontecer com ela, mas vai. E o pior de tudo, é que essa historia é mais real do que a gente imagina, pode acontecer com a gente, ou com alguém tão próximo que chega a ser assustador 

Começamos a historia com a personagem com 8 anos e que a gente acredita ser ainda uma menina inocente, com pais bem casados, mas uma perda muito próxima a abala e aí começamos sua historia e suas dores. 

A cada novo capitulo com sua idade ao longo da narrativa, e cada novo momento um drama. Na adolescencia, na fase adulta, na fase mais velha e absolutamente tudo aqui é drama, sem pausa pra respirar

Quando eu pensava, verdadeiramente que ela ia respirar, vinha uma porrada. O único momento que ela, e a gente respira, é com  chegada do Vento, gostei muito desse amor entre eles. mas fora isso foi dor, e dor, e mais dor. 

O final confesso que não gostei tanto quanto o livro todo, mas foi tão condizente com a historia toda que entendi e fez sentido pra mim. 

Mesmo com todo sofrimento contido nessa historia, gostei mais desse do que do outro livro da Aline que li, A Pequena Coreografia do Adeus, e só não digo que virou meu livro favorito porque não curto a maneira como ela escreve, me perco um pouco no raciocínio as vezes, mas é brilhante a intensidade que a Aline escreve e põe em palavras todos esses sentimentos. 




Sinopse : www.skoob.com.br 

A vida de uma mulher, dos 8 aos 52, desde as singelezas cotidianas até as tragédias que persistem, uma geração após a outra. Um livro denso e leve, violento e poético. É assim O peso do pássaro morto, romance de estreia de Aline Bei, onde acompanhamos uma mulher que, com todas as forças, tenta não coincidir apenas com a dor de que é feita.

domingo, 31 de março de 2024

Livros Lidos - Março

Esse mês foi otimooooo pra mim, li 12 livros e tenho mantido uma média entre 6 e 10 ao longo dos ultimos meses, e tem sido otimo ler menos, porque to lendo livros mais complexos , mas Março foi de leituras mais simples então vamos à eles : 




 

  1. The Crush  – Penelope Ward  
  2.  Liberta-me – Tahereh Mafi  
  3. O Banqueiro - #1Homens no Poder – Jas Silva
  4. Eu Sou Eric Zimmerman Volume 1 ( releitura ) – Megam Maxwell
  5.  O Principe – Nicolau Maquiavel
  6.  O Codex dos Caçadores de Sombra – Cassandra Clare , Joshua Lewis
  7.  Marina – Carlos Ruiz Zafon
  8.  O  Doutor ( #2 Homens no Poder ) – Jas Silva
  9. Um Perfeito Cavalheiro ( #3 Os Bridgertons ) – Julia Quinn
  10. Fragmenta-me - #2.5 Estilhaça-me – Tahereh Mafi
  11. Pela Lente do Amor ( releitura ) – Meghan Maxwell
  12. O Governador ( #3 Homens no Poder ) – Jas Silva

 

Até Abril !!!

sexta-feira, 29 de março de 2024

O Governador - #3 Homens no Poder - Jas Silva

Gostei muito do primeiro... Adorei o segundo, mas AMEI esse terceiro livro dessa serie incrivelllll

Aqui conhecemos mais um homem poderoso e uma mocinha muito, muito determinada. 

Lucien e Anna são maravilhosos juntos, combinam, tem quimica e ela faz um homão daquele ficar de joelhos por ela e pra ela. 

Lucien é o Governador do Estado da California pela segunda vez, e Anna é a filha do seu pior inimigo , mas não só isso, ainda tem um Q a mais nessa historia toda, e isso só causará mais transtornos na vida dos dois. 

Anna parece uma moça tímida num primeiro momento, mas ela é determinada, sabe o que quer, e o que ela quer nesse momento é o homem que assombra seus sonhos há tempo demais. A jovialidade, a energia de Anna são uma carga de adrenalina na vida do Lucien, e ele não sabe o que fazer com toda essa intensidade, mas o que ele sabe é que ele ta fascinado por ela. 

Mas ambos sabem que isso nunca poderá dar certo, que o que eles tem é passageiro e que muito mais cedo do que tarde, esse torrido e intenso caso precisa chegar ao fim. 

Só que é tão lindo ver o amor deles crescendo, e tão intenso. E  apesar de eu ter achado o final desse um pouco corrido ( assim como o Doutor ), eu curti cada minuto lendo esse livro. 

Quando cheguei no Epilogo so pensei, nãooooo, queria mais ... e queria muito mais mesmo, mas o final foi muito perfeito e condizente com toda historia. Da aquele quentinho ( quentão na verdade rrss ) no coração !!!

E, indiscutivelmente Jas Silva se tornou minha autora top pra esse genero de leitura, a mulher manda muito bem

Ah, e lembrando que essa serie ta disponivel no KU 



Sinopse : www.skoob.com.br 


ENEMIES TO LOVERS - AGE GAP

Nascido em berço de ouro, o ambicioso governador da Califórnia, Lucien Van Doren, de 44 anos, nunca imaginou que a ruiva de humor excêntrico e sorriso inocente se tornaria o seu maior escândalo político.

E, ao procurar por vingança, o homem mais poderoso dos Estados Unidos, encontra uma obsessão. O que Lucien não imagina é que Anna Rose não é como as outras garotas.

Sua timidez e aparência frágil são dois perigos dos quais o pai dela sempre a quis proteger. Aos 19 anos, desesperada por um gosto de liberdade e amor, a garota decide que está na hora de se arriscar. E ela começa, ao se enfiar nacama do temido e inalcançável governador.

O diabo em pessoa.


Dizem que um homem com tanto poder nas mãos... é capaz de tudo.

E eles estão certos.

terça-feira, 26 de março de 2024

Fragmenta-me ( #2.5 Estilhaça-me ) - Tahereh Mafi

Pra que esses conto gente ??? Eu não gosto de contos, de nenhuma especie, pra mim poderia ser um capítulo com POV dele e tava tudo bem, mas ja que tem. eu li ne


Não mudou nada na historia, acrescentou mas não mudou.... Agora vou pro 3o. livro que ja me disseram que é o melhor, vamos ver 



Sinopse : www.skoob.com.br 

Neste eletrizante conto da trilogia Estilhaça-me, descubra o que aconteceu com os rebeldes do Ponto Ômega após lutarem contra o Reestabelecimento. Fragmenta-me é contado do ponto de vista de Adam, respondendo as principais dúvidas dos leitores após grande final de Liberta-me.


Enquanto o Ponto Ômega prepara para lançar um ataque-surpresa contra os soldados do Reestabelecimento a postos no Setor 45, o foco de Adam está bem longe do campo de batalha. Ele está se recuperando do rompimento com Juliette, apavorado pela vida do seu melhor amigo e preocupado como sempre com a segurança do seu irmão James. E justo quando Adam começa a pensar se aquela vida é mesmo para ele, o alarme soa. É hora de começar a guerra.

No campo de batalha, é como se tudo estivesse a seu favor – mas derrubar Warner, que Adam descobriu recentemente ser seu meio-irmão, não é fácil. O Reestabelecimento não tolera rebeliões, e por isso fará qualquer coisa para massacrar a resistência... inclusive matar a todos que são importantes para Adam.


Fragmenta-me prepara o leitor para as emoções de Incendeia-me, a explosiva continuação da série distópica de Tahereh Mafi.

sábado, 23 de março de 2024

Um Perfeito Cavalheiro ( #3 Os Bridgertons ) - Julia Quinn

Eu de verdade não tinha intenção nenhuma de ler essa série, mas a filhota quis comprar e como tava aqui na estante, oensei, ah porque não ne ... e agora só penso... que sorteeeeeeee que eu to lendo rrss

Eu adoreiiiiiii Benedict e Sophie. Ele é um verdadeiro Lorde Ingles, tão chique elegante, educado de verdade não só na frente da Mãe rs, e ela tão firme e determinada que dá gosto de ler 

Benedict conhece Sophie sem saber que ela é Sophie num baile de máscaras dado em uma das casas Bridgertons, mas ela é obrigada a ir embora e ele desesperado sai atras dela sem nunca encontra-la. Os anos se passam mas ele nunca esqueceu a mulher misteriosa e mascarada que conheceu  nesse baile. 

Numa das tantas festas que ele está, mesmo entediado e prestes a ir embora, ele vê Sophie numa situação de perigo e como bom homem que é, vai salva-la. Sem ter pra onde ir, Benedict oferece abrigo em sua casa pra que ela não fique ao relento. Masssss a vida não da ponto sem nó, rs, e faz Benedict cair de cama numa gripe depois de pegar uma bela chuva pelo caminho. 

Sophie cuida dele com carinho e dedicação, e mesmo ela sabendo quem ele é , ele esta no escuro, sem saber quem Sophie é. 

Sophie agora desempregada e precisando trabalhar então Benedict pede à sua mãe que lhe arrume um emprego , e acaba trabalhando bem pertinho do seu amado. Violet que não é boba nem nada, percebe a interação entre o filho e a nova camareira. 

Baseando no Conto da Cinderela, Julia Quinn sabe muito bem como contar uma historia, mesmo que recontada. Eu adorei os embates verbais deles dois. adorei o fato de Benedict não conseguir resistir nunca à Sophie, adorei o que aconteceu com a Madrasta chata dela.. e o final é lindo demais. 

Me diverti lendo O Duque e Eu, Amei O Visconde que me Amava porque Anthony ganhou meu coração, e Um Perfeito Cavalheiro mostra que Benedict realmente é um Cavalheiro e tanto... Agora to contando os minutos pra saber o que Colin vai aprontar 




Sinopse : www.skoob.com.br 

Sophie sempre quis ir a um evento da sociedade londrina. Mas esse é um sonho impossível. Apesar de ser filha de um conde, é fruto de uma relação ilegítima e foi relegada ao papel de criada pela madrasta assim que o pai morreu. Uma noite, ela consegue entrar às escondidas no baile de máscaras de Lady Bridgerton. Lá, conhece o charmoso Benedict, filho da anfitriã, e se sente parte da realeza. No mesmo instante, uma faísca se acende entre eles. Infelizmente, o encantamento tem hora para acabar. À meia-noite, Sophie tem que sair correndo da festa e não revela sua identidade a Benedict. No dia seguinte, enquanto ele procura sua dama misteriosa por toda a cidade, Sophie é expulsa de casa pela madrasta e precisa deixar Londres. O destino faz com que os dois só se reencontrem três anos depois, Benedict a salva das garras de um bêbado violento, mas, para decepção de Sophie, não a reconhece nos trajes de criada. No entanto, logo se apaixona por ela de novo. Como é inaceitável que um homem de sua posição se case com uma serviçal, ele lhe propõe que seja sua amante, o que para Sophie é inconcebível. Agora os dois precisarão lutar contra o que sentem um pelo outro ou reconsiderar as próprias crenças para terem a chance de viver um amor de conto de fadas. Nesta deliciosa releitura de Cinderela, Julia Quinn comprova mais uma vez seu talento como escritora romântica.

O Doutor ( #2 Homens no Poder )

Depois de 6 livros lidos da Jas SIlva cheguei a conclusão que eu to gostando desse tipo de livro NA e Hot  viu gente. Historia boa, bem construida, com começo meio e fim ( mesmo quando o fim é um pouquinho mais corrido como foi aqui ), o livro e realmente bom. 

A grosseria do Nicolas me irritou em alguns momentos e a falta de firmeza em algumas situações da Abigail tambem, mas no geral foi bem legal acompanhar a historia

E essa série que a  Jas ta escrevendo dos Homens no Poder é bem boa. Gostei muito do primeiro ( O Banqueiro ) mas adorei mais esse. Agora ja to ansiosa pra ler o terceiro 

Abigail é uma residente no hospital que Nicolas é o dono e por um erro que ela cometeu ele a acusa desde sempre e não quer nem pensar em lhe dar uma nova chance.Depois de alguns anos longe por ter sido expulsa pelo Dr Nicolas, Abigail está de volta e tem certeza absoluta que sua vida vai ser um verdadeiro inferno na terra por ter que conviver de novo com seu carrasco sem coração 

Masssss as coisa nem sempre saem como panejado ne minha gente, e o fogo entre os dois os deixa mais do que com raiva só, os deixa desnorteados e cheios de tes@o 

Eles estão sempre brigando e discutindo, Nicolas sempre impondo sua vontade e seu ciúme ( eu nem posso falar sobre isso porque eu adoro personagens ciumentos ... nem me julguem rrss ) mas as discussões e os embates só acabam de um jeito pra eles dois. 

Vibrei quando o homi fica em estado de desespero por ter sido ¨deixado de lado ¨por ela , sem rumo e mesmo achando um porre ele descontar em todo mundo sua frustração, achei foi bom ele sofrer um cadinho rrss

Gostei que a Jas inseriu um tema tão pertinente pra Abigail e que nunca fica ¨desatualizado ¨principalmente com os ultimos acontecimentos sobre dois tais jogadores de futebol que andam pela midia pelo mesmo motivo e que de maneira geral, esta deixando a todas nos com aquela figurinha de palhaças na cara. 

Os livros dessa serie estão disponiveis no KU. 



Sinopse : www.skoob.com.br 

Temido por todos à sua volta, Nicholas Donovan é incapaz de compreender a atração sem lógica que sente pela sua jovem e tagarela residente. Como principal sócio do W. West Hospital, o cirurgião de 43 anos é o terror de seus funcionários e o pedaço de mal caminho que todo mundo evita, graças ao seu temperamento sempre rude e implacável.

De volta a Washington, Abigail Torres é o que Nicholas gosta de chamar de um desastre prestes a acontecer. Um desastre que o beija e o excita em um momento, deixando-o maluco; e no outro, o faz berrar em fúria pelos corredores da ala cirúrgica.

Seu descontrole - e ciúme - em relação a garota foi o que o tornou convicto de que os dias dela dentro do W. West estavam contados. E para afastá-la, o cirurgião está disposto a fazer tudo o que estiver ao seu alcance para que Abigail seja a única a desistir...

Do seu hospital, mas principalmente dele.

sexta-feira, 22 de março de 2024

Marina - Carlos Ruiz Zafon

Ah que saudade eu estava de ler obras primas como essa. 

Zafon tem um jeito de nos envolver com seus cenários, seus personagens, suas historias que mesmo com medo de algumas cenas, como foi o caso aqui rrss, a gente se envolve de um jeito que devora cada palavra, cada página dos seus livros. 

Aqui conhecemos a historia de Óscar e Marina. Ele aluno de um internato e ela uma moça misteriosa que Óscar cai de quatro por seus encantos. Enquanto ele deixa à mostra em cada atitude seu encantamento por ela, ela é muito mais reservada, contida, mas claramente se tornam amigos que se gostam muito. 

Nessa amizade que cresce todos os dias, eles vão mergulhar num passado que não é deles, mas que torna parte deles no presente, nas emoções, nas confusões e até nas soluções pra vida de cada um deles 

A escrita de Zafon é tão incrivel que a gente mergulha nas ruas de Barcelona  com tanta intensidade que passa a fazer parte da historia, sentada, naquela cadeira no canto da sala, sem dizer nada, mas observando tudo. 

As emoções que ele nos faz sentir, a angustia por uma ou outra situação que ele coloca os personagens, o choro que é impossível conter quando as emoções são grande demais é uma das coisas mais maravilhosas quando pegamos um livro desse escritor genial, que infelizmente nos deixou cedo demais, ele teria muita historia pra nos contar, com toda certeza. 

Aquele final me fez chorar de verdade, intenso, sofrido, mas lindo, queria começar tudo de novo quando terminei. 

Meu segundo favorito do Ano <3 




Sinopse : www.skoob.com.br 

Na Barcelona dos anos 1980, o menino Óscar Drai, um solitário aluno de internato, conhece Marina, uma jovem misteriosa que vive num casarão com o pai idoso. Em passeios pela cidade, os dois presenciam uma cena estranha num cemitério e se envolvem na resolução de um mistério que remonta aos anos 1940. Numa tentativa inútil de escapar da própria memória, Oscar abandona sua cidade. Acreditava que, colocando-se a uma distância segura, as vozes do passado se calariam. Quinze anos mais tarde, ele regressa à cidade para exorcizar seus fantasmas e enfrentar suas lembranças - a macabra aventura que marcou sua juventude, o terror e a loucura que cercaram a história de amor.

segunda-feira, 18 de março de 2024

O Códex dos Caçadores de Sombras (As Crônicas Dos Caçadores De Sombras) - Cassandra Clare , Joshua Lewis

Não gostei nadica de nada, li pra não dizer que não li. 

Esse Codex e o Guia da Irmandade foram iguais pra mim no quesito não gostar da leitura... Não gosto dessa historia de tirar os personagens de suas historias, torna-los mais reais do que eles realmente devem ser

Respeito quem gosta, mas eu acho uma baboseira sem fim. Então li porque o livro tava na estante e porque meu TOC não me permite deixa-lo sem ler rs

É isso... seguimos e vamos pro próximo !!! 



Sinopse : www.skoob.com.br 

A Clave tem o prazer de anunciar a mais nova edição no mais antigo e famoso manual dos Nephilim: o Shadowhunters’ Codex. Desde o século XIII, o códex vem sendo o mais jovem amigo de todo Caçador de Sombras. Quando você está cercado por demônios, é muito fácil esquecer os pontos mais obscuros da linguagem demoníaca ou a maneira mais rápida de parar um ataque de demônios Raum. Com o códex, entretanto, você nunca vai precisar se preocupar.

Agora em sua vigésima sétima edição, o codex abrange tudo: a história e as leis do nosso mundo; como identificar, conviver com, ou se preciso, matar a maioria dos coloridos habitantes deste mundo; qual ponta da estela você deve usar para se marcar. Suas tentativas de matar um vampiro ou um feiticeiro não serão mais atrasadas por intermináveis perguntas de seus recrutas: O que é um Pyxis? Por que não usamos armas de fogo? Se não posso ver um símbolo de um feiticeiro, há alguma forma educada de perguntar a ele onde a marca está? Onde conseguimos toda nossa água benta? Apostilas de geografia, história, magia e zoologia, todas juntas em uma só, o codex está aí para ajudar novos Caçadores de Sombras a navegar no belo, às vezes brutal, mundo que habitamos.

E para ninguém dizer que a Clave está desatualizada, ou, como dizem os jovens Caçadores de Sombras, “careta”, essa nova versão do Codex estará disponível não só na versão com a ligação de pele de demônio fechada magicamente, mas, também, numa versão moderna, usando todas as mais novas e emocionante técnicas de impressão atuais, incluindo alguns novos recursos, como uma capa firme feita de tecido, um revestimento à prova de poeira e informações sobre título, autor, editora, e muito mais escritos na capa. Você vai gostar de saber que ela cabe perfeitamente na maioria das mochilas e, ao contrário das antigas edições, ela não desliga mais sistemas de segurança.

As antigas gravuras também foram substituídas: em vez delas, você vai encontrar pródigas ilustrações feitas por alguns dos mais brilhantes artistas. Criaturas, armas, pessoas e lugares foram cuidadosa e precisamente descritos por Rebecca Guay, Charles Vess, Jim Nelson, Theo Black, Elisabeth Alba e Cassandra Jean. Os capítulos são graciosamente introduzidos pelos desenhos de Michael Kaluta, e durante o resumo do clássico de 2.450 páginas, A História dos Nephilims, você vai encontrar uma seleção das melhores e mais adoráveis ilustrações do volume por John Dollar.

segunda-feira, 11 de março de 2024

O Príncipe - Nicolau Maquiavel

O primeiro Clássico do Ano e eu queria muitooo ler esse livro . Desde que vi a Série Os Borgias fiquei curiosa quando descobri que Maquiavel escreveu esse livro depois de acompanhar nem de perto o comportamento do Cesar Borgia, filho do então Papa Alexandre VI. 

Na serie, na historia, nos estudos que andei pesquisando, Cesar Borgia nunca teve um comportamento exemplar, foi Cardeal sem nunca ter sido padre, não era la muito adepto de receber e cumprir ordens e sempre achava que tudo o que fazia era o certo, ele erra, jamais ne

Então baseando-se nessa convivência muito próxima , Maquiavel se inspirou não só nele, mas em outros nobres da mesma época pra escrever esse livro. 

Eu confesso que achei o  livro uma chatice. Repetitivo, político demais , e pra mim um manual do que nçao fazer. 

Claro que alguns dos relatos ali são muto üteis ¨pra quem tem interesse nesses assuntos sobre política, em como um Principe , ou um líder deve se colocar, agir e até o contrario, como não fazer nada daquilo, mas sinceramente eu achei o livro  um pouco demais. 

Tem muita coisa ali que pensava é serio que eles ( os líderes) acham que e certo fazer isso, e o pior muitos realmente reproduziram e reproduzem esses compartamentos, inclusive atualmente 

Um livro que foi escrito em 1513 e que parece tão atual chega a ser surreal, Sinceramente  achei o livro um pouco egocentrista demais. Porque se um lider achar que ler um livro desse e fizer o que Maquiavel ( que nunca foi lider de nada rrss ) achar que sera um lider bom, preciso questionar o que acho bom e o que acho ruim rrss

Maquiavel era muito inteligente, e acredito que um excelente observador. De acordo com historiadores, ele relatava compartamentos de como as coisas são,e não como deveriam ser ( ufa rrss ) 

Não é uma obra facil de ler, e nem de entender, mas eu tenho gostado bastante de ler clássicos e sempre dou uma pesquisada antes de chegar ao ponto de ler um. Valeu a leitura, sempre vale 





Sinopse : www.skoob.com.br 

Rejeitando os valores tradicionais da teoria política, Maquiavel usou sua experiência na turbulenta república de Florença escrever este livro. Em 
O príncipe, o leitor descobrirá a fase do autoritarismo político e as qualidades que um príncipe ou governante precisa ter para ser manter no poder através do medo, da repressão e da hipocrisia. Nova tradução do italiano.