Seguidores

quarta-feira, 25 de maio de 2022

Nêmesis - Agatha Christie

Ai gente, podem falar o que quiser dessa mulher, mas ela é Rainha sim. E pela primeira vez eu quase acertei o culpadoooooooooo rrss. Fiquei entre 4 personagens principais, com propensão a 2, e meus motivos foram muito verdadeiros para o culpado, então tô me sentindo feliz e satisfeita rrss

Mais um livro Maravilhoso dela, com muitos personagens, que parece que voce nunca vai conseguir entender quem é quem, mas aí junta a ¨velhinha mexeriqueira ¨ Miss Marple ( eu não acho ela mixiriqueira ta gente rrss ) e o cérebro genial da AC e temos uma excelente historia, bem contada, com tudo se encaixando perfeitamente. 

Nêmesis começa com Miss Marple recebendo uma herança de um ¨amigo¨ que acaba de falecer, mas pra que ela receba esse ¨prêmio, ¨ ela precisa desvendar um mistério, e Sr. Rafiel tem plena certeza de que ela é capaz disso. 

Quando o livro começa a gente sempre pensa que nunca vai conseguir entender essa historia ( essa ou qualquer outra da AC ). Todos seus livros tem muitos personagens, muitos cenários, mas à medida que vamos lendo, a clareza nas situções se torna muito muito clara, e o entendimento vem naturalmente

E quando ela confronta o assassino, voce quase pega uma pipoca e fica olhando de um pra outro esse embate que sempre é genial. 

Eu sempre amei e sempre vou amar ler suas historias 

 

¨Nêmesis - Deusa da Vingança e da Justiça ( mitologia Grega ) ¨ é tudo o que Miss Jane Marple é nesse livro <3  



Sinopse : www.skoob.com.br 

Ao folhear seu jornal vespertino, Miss Jane Marple se depara com a inesperada notícia da morte de Jason Rafiel, um milionário que a ajudou a evitar uma tragédia não muito tempo atrás, numa viagem ao Caribe. Uma semana depois, ela descobre que o finado lhe deixou uma herança que ela só receberá se conseguir solucionar mais um mistério.


Mas como resolver esse caso se Mr. Rafiel não forneceu qualquer informação acerca do crime, do lugar, do assassino ou da vítima? Por onde Miss Marple poderia sequer começar? Seria essa apenas uma brincadeira de mau gosto? Ou o ato final que provará, de uma vez por todas, sua perspicácia e vocação como a Nêmesis vingadora, a Justiça inescapável?

segunda-feira, 23 de maio de 2022

TAG - Etiqueta de Livro em 20 Perguntas

Vi essa Book Tag nesse  Blog gringo,  Paper Fury,   pesquisando umas novas Tags e gostei, apesar de muitas perguntas, tentei resumir o máximo que deu... 



Não vou enrolar pra conseguir responder às perguntas sem demora...


1. QUANTOS LIVROS SÃO MUITOS PARA UMA SÉRIE?

Eu sou fã da série Irmandade da Adaga Negra, que até o momento tem 19 livros publicados, fora os que a editora ainda não publicou, então nem sei mensurar quantos são muitos livros para uma série. Agora eu confesso que essa é a única série que quero sempre com novos lançamentos, outras eu não aguento porque cai numa mesmice sem fim, então vou dizer que pra mim, uma Boa Trilogia é o suficiente. 

2. CAPA DURA OU BROCHURA?

Eu acho capa dura linda, um lindo enfeite pra estante, pra mesa de cabeceira, mas confesso que não acho os livros de capa dura muito fácies de manusear. Por isso pela prática prefiro as Brochuras.  

3. LIVRO FAVORITO?

É tão dificil escolher 1 livro favorito, então vou escolher o último favorito que li.... Malibu Renasce da Taylor Jenkins Reid  

4. LIVRO MENOS FAVORITO?

Que dificil tambem, mas vou escolher, assim como o favorito, o último que li e me decepcionei demais ... Foi O Professor da autora brasileira Tatiana Amaral, uma pena mas não gostei nadica de nada desse livro, li até o fim mas não dei continuidade à serie. 

5. TRIÂNGULOS AMOROSOS, SIM OU NÃO?

Nuncaaaaaaaaa, absolutamente nunca  

6. O LIVRO MAIS RECENTE QUE VOCÊ NÃO CONSEGUIU TERMINAR?

Eu detesto abandonar livros, tanto que abandonei 5 livros durante toda minha vida de leitora, e o ultimo, com muito pesar, porque não rolou mesmo pra mim, foi A Casa das 7 Mulheres ( Leticia Wierzchowski )  inisisti, mas não rolou mesmo    

7. UM LIVRO QUE VOCÊ ESTÁ LENDO NO MOMENTO?

->  O Jogo do Anjo ( Carlos Ruiz Zafon ) 

-> Nêmesis ( Agatha Christie )  

8. ÚLTIMO LIVRO QUE VOCÊ RECOMENDOU A ALGUÉM?

Eu adoro indicar livros, principalmente quando esse livro me deixa alucinada, e o último que me deixou assim foi Torto Arado, e eu fiquei tão doida, que logo indiquei pra minha gêmea literária que adora ter o cérebro acertado desse jeito tambem rrss. 

9. LIVRO MAIS ANTIGO QUE VOCÊ LEU POR DATA DE PUBLICAÇÃO?

Como adoro ler Clássicos, sempre tenho um bem antigo pra mencionar, O ultimo mais velho que li  ( que nem é tão velho comparado com os da Jane Austen, dos das irmãs Bronte) , o ultimo que li foi publicado em 1960, e foi O Sol é para Todos da Harper Lee.  

10. LIVRO MAIS RECENTE QUE VOCÊ LEU POR DATA DE PUBLICAÇÃO?

O mais recente foi Malibu Renasce  da Taylor Jenkins Reid ( lançado em 2021 aqui no Brasil pela Editora Paralela  

11. AUTOR FAVORITO?

Tenho Várias, J.R. Ward, Penelope Ward, Rachel Gibson, Colleen Hoover, Jojo Moyes, e  a mais nova , Taylor Jenkins Reid 

12. COMPRANDO LIVROS OU PEGANDO EMPRESTADOS?

Assim como não gosto de emprestar, não gosto de pegar emprestado, então sempre que posso eu compro os livros 

13. UM LIVRO QUE VOCÊ NÃO GOSTA E QUE TODOS PARECEM AMAR?

Por enquanto, qualquer um da Julia Qhuinn, todo mundo fala tanto dela que não sinto a menor vontade de ler, mas isso vai mudar logo, porque a filhota comprou a Série Bridgertons, então vai que eu passo a gostar ne rrss.

14. MARCADORES OU ORELHAS nas páginas ?

Deus me livre né, fazer orelha nas páginas dos livros... Marco com qualquer coisa, mas fazer orelha nunquinha.... 

15. ouvir ou não livros  ?

Eu demorei pra me acostumar com o tal ¨ouvir¨ livros, mas agora eu gosto muito, adianta e muito minhas leituras, e sim agora até que gosto 

16. UM LIVRO QUE VOCÊ SEMPRE PODE RELER?

Eu adoro releituras, e sempre to relendo ... nesse momento estou relendo pela segunda vez, uma das  minhas séries favoritas de livros... A Irmandade da Adaga Negra da J.R. Ward 

17. VOCÊ CONSEGUE LER ENQUANTO OUVE MÚSICA?

Infelizmente não. Eu amo ouvir música, mas lendo pra mim não dá. 

18. UM PONTO DE VISTA OU VÁRIOS?

Eu geralmente gosto quando os livros tem o ponto de vista dos 2 protagonistas. Gosto de saber o que se passa na cabeça de ambos,  

19. VOCÊ LÊ UM LIVRO EM UMA dia OU DURANTE VÁRIOS DIAS?

Depende muito. Adoro pegar um livro no inicio do domingo, e termina-lo quando o domingo acaba, me sinto produtiva já que domingo é um dia bem de preguiça ne rrss


Então é isso minha gente,  até a próxima 😊😉

Vou deixar em aberto pra quem quiser e gostar de responder TAGs 


Até a proxima então gente !!!!

sexta-feira, 20 de maio de 2022

Filho de Ninguém ( Son of No One - Série Dark-Hunters #24) - Sherrilyn Kenyon

Fazia um tempão que eu não me empolgava tanto com um livro dos DarkHunters. Confesso que tava de bode total com essa série e só não desisti ainda porque já li tanto livro da série que meu TOC não me permite abandonar a série sem saber o que vai acontecer. 

Tudo bem que a paixão arrebatadora demorou duas páginas pra acontecer, tem mais sexo quente do que historia concreta em si, senti uma certa semelhança entre Cadegan e Rhage, Jo e Mary, Cadegan tem um monstro verde habitado dentro dele, so com Jo ele consegue virar um gatinho e voltar a forma humana ( viu a semelhança rrss )

Mas pelo menos aqui temos um propósito na historia, a bruxa que quer Cadegan preso, a batalha e os artefatos que ele precisa entregar pro rei tonto, a disputa do irmão que acha que fez o melhor por Cadegan ( so que não ), e o fato de Jo ser encatadora de dragões e ter a descendência que tem, isso foi bem legal. 

Agora legal mesmo foi ver Asheron de novo, Simi, ( aqui peguei um spoiller danado porque pela ordem dos livros que tenho, seria a vez desse mas tem outros livros antes desse aqui, diz que esse é o #33, mas li como se fosse o #24, então o spoller foi certo ). 




Sinopse : 


Não é fácil ser a piada pessoal da vida, mas Josette Landry fez uma paz instável com a fera. A vida continuará jogando tudo de ruim que tem nela, e ela continuará a não colocar a cabeça no forno.
Mas está tudo bem. Aquilo que não a mata exigirá apenas algumas horas de insanidade mental. Completamente sem sorte, Josette aceita um emprego com um grupo paranormal local tentando obter seu próprio programa de TV a cabo como fotógrafa e cinegrafista. Sim, eles são ainda mais loucos do que ela. A única coisa paranormal em que ela acredita é no milagre que a mantém enferrujada correndo. Mas quando seu grupo acidentalmente libera algo verdadeiramente maligno no mundo, eles são forçados a chamar reforços.

A partir do momento em que Josette conhece Cadegan, ela sabe que algo sobre ele não está certo. E não é só porque ela não consegue nem começar a pronunciar o sobrenome dele: Maboddimun. Misterioso e armado com um sarcasmo letal, ele parece muito mais velho do que sua idade aparente...

Séculos atrás, Cadegan vendeu sua alma por vingança contra o traidor que o amaldiçoou. Forçado contra sua vontade a fazer o bem, ele odeia tudo na vida. Tudo o que ele quer é uma saída. Mas para os condenados existe apenas sofrimento eterno. E, no entanto, há algo em Josette que o intriga tanto quanto o irrita e frustra. Algo que ele não consegue lutar, e a última vez que ele se sentiu assim por uma mulher, isso lhe custou a alma.

Ele sabe que tem que ficar longe dela, mas o mal que seus amigos desencadearam está determinado a consumir sua alma. Algo que ele não pode permitir. Se mais um inocente for levado, ele será enviado de volta para uma prisão inimaginável que faz com que seu inferno atual pareça o paraíso. Mas como ele pode mantê-la segura quando estar com ela é a maior ameaça de todas?

terça-feira, 10 de maio de 2022

IAN NA TELINHA ??? SERÁ????




Por conta dos rumores de que talvez a série Irmandade da Adaga Negra vire filme ou série  ( eu só  não desejo nem um nem outro ) resolvi fazer um Post registrando o porque NÃO QUERO de jeito nenhum que os Guerreiros saiam do papel 


Lembrando que essa e Minha Opinião ta gente, eu respeito a alheia, por isso peço respeito à minha 😉😊


Vou começar la do primeiro, o dono da porr@ toda, o Supremo, The King da Sua Raça REI WRATH ❤.... quem é  o humano capaz de representar esse vampiro gente, fala serio (tá eu sei que a tecnologia faz o que for preciso pra que a gente acredite em tudo o que vê) mas são  "2.10m de puro músculo e maldade ,  o V da viúva dava à ele o ar sombrio naquele cabelo que batia na altura da cintura,  todo armado e vestido de couro"... na minha cabeça WRATH é único  e não pode ser definido por um humano assim ou assado


Vishious ... ah o Injustiçado. Quem seráo humano capaz de expressar aquela frieza, aquela dureza, aquele coração louco pra ter tudo que merece ( menos Jane, se for pra virar qualquer  coisa na TV mas ele ganhar outra shellan que  o mereça,  eu ate penso duas vezes #janenao ) 


Rhage esse com certeza será o mais Impossível de reproduzir ... aquele dragão imenso, lindo, que basta ouvir o assobio de sua Mari que vira um gatinho, o homem mais apaixonado, mais lindo, mais carente de toda Caldwell não pode ser igualado à  um humano qualquer


Rehvenge... quem é o humano calaz de ser Sympatho o Vampiro ao mesmo tempo... usando aquela bengala e aquele casaco charmoso que fazem de Rehv o ser poderoso que ele  é.. Não tem 🤷🏻‍♀️


Zsadist e Phury ... aqueles olhos amarelos que só eles tem, aquela dor que vai no ser de cada um, as durezas que a vida impôs pra existência de cada um


Ainda tem Tohrment, Qhuinn, Blay, iAm, Trez, XCor, Assail , as shellans,  não, fala sério,  tenho muitos motivos pra não  querer tirar meus personagens lindos e favoritos do papel  e fazer deles meros humanos 


domingo, 8 de maio de 2022

As Melhores Mães dos Livros que Li

Dia das Mães e gente que ama ler, só pensa nas melhores mães que lemos nos nossos amados Livros 


Imagem da net 


Escolhi algumas que representam magnificamente esse papel, o que não quer dizer que são perfeitas ne gente, afinal ninguem é. 


** Uma das mais lembradas e mais faladas.... Moly Weasley, a mãe dos Irmãos Weasley da Série Harry Potter. Moly é aquela mãe que acolhe os filhos, os amigos dos filhos, mas acima de tudo, Moly não é cega, briga com os filhos quando necessário, mas os defende com unhas e dentes de qualquer situação.



 


** Rosa Huberman, a mãe adotiva de Liesel em A Menina que Roubava Livros. Dura, grossa, amarga e nem mesmo é a mãe biológica de Liesel, mas é indiscutível o quanto ela ama a menina o quanto o amor que ela sente por Liesel é perceptível em tantos momentos dessa linda historia. 






** Isabel Pulmann, mãe de Via e August Pulmann de Extraordinário. No livro e no filme, eu quase sempre choro quando ela aparece, porque ela se entregou de corpo, alma e espírito ao papel de ser mãe de um menino tão especial. Mesmo quando eu fico com raiva dela por ela ignorar a sua filha mais velha pra ajudar o Auggie, ela ainda assim é uma lutadora. 





** Catelyn Stark, a mãe do norte, uma mãe que nunca tem trégua. A mãe do clã Stark sofre demais por conta dos seus filhos, por conta de sua terra, de toda sua vida, mas nunca desiste do seu amor por seus rebentos, e tanto na Série ( que ja terminei) como nos livros ( que estou no segundo volume ) vemos a garra dessa mulher 




** E por ultimo mas não menos importante, Jess, mãe e madrasta de Tanzie e Nick do livro Um Mais Um é uma guerreira. Esse é um dos meus livros favoritos da autora, e apesar de Jess sofrer muito com toda sua batalha, ela é uma guerreira e não abandona os filhos por nada nesse mundo. Adoro ela. 





Então é isso gente... espero ler sobre muitas mães incríveis cada vez mais. 

segunda-feira, 2 de maio de 2022

A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes - Suzanne Collins

QUE LIVRO ESPETACULAR !!!! 

Juro gente, quando esse livro foi lançado, eu li, vi, ouvi, tanta gente falando mau, que não tinha gostado, que demorei 2 anos pra tirar ele da estante pra finalmente ler. 

Me arrependi, porque ele é realmente  muito bom. Bem escrito, envolvente, a leitura é rápida, enfim, eu de verdade gostei muito. 

Só não gostei do fato de que eu não conseguia identificar o Snow jovem com o Snow velho. 

Esse livro volta lá na 10a. Edição dos Jogos Vorazes, não onde tudo começou, mas quando tudo começa a mudar e Coriolanus Snow começa a contar sua historia.

O livro é dividido em 3 partes, O Mentor, O Premio, O Pacificador. eu gostei muito das 2 primeiras partes, mas a terceira, é sem sombra de dúvida, a melhor. parte do Livro. Tanta coisa acontece na terceira parte, e tanta coisa muda no último capítulo e no Epílogo que voce até pensa que ta lendo outro livro rrss. 

Eu amei de paixão Lucy Gray. Que personagem rica, simpática, empática. inteligente. Sejanus é tão bom quanto chato rrss. è impossível não gostar dele, mas ele é chato, mimizento, então chateia um pouco, mas ele é fofo, é amoroso, é justo, então voce sim gosta muito dele. Tigris é a prima mais fofa e amorosa e cuidadosa que qualquer um pode ter, e Snow tem esse privilégio. Sim, ele merece ter esse presente que ela é, pelo menos enquanto jovem. 

Coryo é apaixonante, mesmo. Suas atitudes durante a 10a edição dos jogos mostra o quanto ele valoriza sue tributo,  ( lembrando que não foi ele quem criou esse horror que são os Jogos, ele é só um dos peões nesse tabuleiro , pelo menos enquanto jovem ), mas nas entrelinhas, por mais bom que Snow seja, ele já mostra traços  do Snow que a gente conhece. 

O que a gente não espera é que Coryo se encante com sua Tributo. Quem assistiu ou leu  Jogos Vorazes  sabe o que  trem é duro, vida e morte andam lado a lado, então ele precisa fazer tudo pra que sua  tributo consiga sair ilesa dos Jogos. Fácil a gente sabe que não é, muito pelo contrário, a chance de tudo dar errado é muito maior que a chance de dar certo. 

Numa batalha bem violenta e sangrenta, os 12 Distritos com seus 24 tributos tem uma dura batalha pela frente. 

Agora quando lemos o último capítulo e o Epílogo, ali a gente sim começa ver  Snow, aquele homem velho rancoroso, invejoso ( sim pra mim ele tem inveja da vitalidade da Katniss, dentre outras coisas ). Agora tantas coisas vem à tona no sentido da descoberta com esse livro. a melhor foi o significado da ¨Arvore Forca¨. Como surgiu, quem criou, qual a historia por trás dela, demais. 

Nos livros dos Jogos Vorazes , passamos da edição 70, então muita coisa aconteceu nesses anos que se passaram e Snow tem grande interferência nas regras e novas normas nos Jogos. 

De verdade eu adorei. Essa semana saiu uma noticia de que em 2023 vem o filme, agora é so aguardar pra ver o que vem por ai. 




Sinopse : www.skoob.com.br 

UMA HISTÓRIA DA SÉRIE JOGOS VORAZES. AMBIÇÃO O ALIMENTARÁ. COMPETIÇÃO O CONDUZIRÁ. MAS O PODER TEM O SEU PREÇO.

É a manhã do dia da colheita que iniciará a décima edição dos Jogos Vorazes. Na Capital, o jovem de dezoito anos Coriolanus Snow se prepara para sua oportunidade de glória como um mentor dos Jogos. A outrora importante casa Snow passa por tempos difíceis e o destino dela depende da pequena chance de Coriolanus ser capaz de encantar, enganar e manipular seus colegas estudantes para conseguir mentorar o tributo vencedor. A sorte não está a favor dele. A ele foi dada a tarefa humilhante de mentorar a garota tributo do Distrito 12, o pior dos piores. Os destinos dos dois estão agora interligados – toda escolha que Coriolanus fizer pode significar sucesso ou fracasso, triunfo ou ruína. Na arena, a batalha será mortal. Fora da arena, Coriolanus começa a se apegar a já condenada garota tributo... e deverá pesar a necessidade de seguir as regras e o desejo de sobreviver custe o que custar.

domingo, 1 de maio de 2022

Livros Lidos - Abril

Mais um mês indo embora e mais leituras finalizadas, do jeitinho que adoro 

Vamos à elas : 

  1. Nas Arquibancadas - John  Grisham 
  2. Gentleman Nine - Penelope Ward 
  3. A Cruz de Fogo ( #5 Outlander ) - Diana Gabaldon 
  4. O Chefão - Vi Keeland 
  5. A Escolha ( releitura ) - #15 IAN - J.R. Ward 
  6. O Cisne e o Chacal ( #3 Companhia dos Assassinos ) - J.A. Redmerski 




 

Até o mês que vem peoples !!! 

terça-feira, 26 de abril de 2022

O Cisne e o Chacal ( #3 Série Na Companhia dos Assassinos )

Eu gostei muito de Victor e Izabel, as Fredrik e Cassia  são definitivamente muito melhores, mesmo. Ele intenso, com sangue nos olhos,  cheio de questões pra resolver, e nesse exato momento está entre a cruz e a caldeirinha, o famoso se correr o bicho pega, se ficar o bicho come, coitado. Ela toda amor no coração, toda sentimentos, e cheia de cuidados com ele, mesmo estando como e do jeito que está. 

Mas não gostei do destino que a autora deu pra ele nesse livro, sinceramente ele merecia um happy end, porque ele ja sofreu por demais na vida. ( espero do fundo do coraão que ela dê um destino melhor pra ele nos próximos livros ) 

Agora eu adorei ver como Izabel ¨adotou ¨Fredrik como seu irmão, protegendo-o, ajudando, e até comendo o rabo dele quando necessário.. uma beleza de ver. 

Resumindo um pouco o que é Fredrik, nós o conhecemos no livro O Retorno de Izabel, e lá ele mostra que adora uma tortura, que é bem agressivo, mas que acima de tudo, tem sede de vingança contra todos, mas contra sua ex mulher Seraphina o negócio chega a niveis altíssimos. Primeiro por tudo o que ela é, segundo porque a diaba quase matou Fredrik queimado depois de ter botado fogo na casa dele e fugido, então o propósito da vida dele é encontrar e matar a tóxica. 

Anos e anos perdidos atras da ex, até ele encontrar Cassia, a doce, amável e delicada Cássia , que tem verdadeiro pavor da Seraphina., e devido a esse pavor ele aprisiona Cassia no seu porão para protege-la de Seraphina, ja que há cerca de 1 ano Cassia perdeu a memória devido a um incendio no prédio onde morava. 

Aprisionada ela vai aos poucos se lembrando do que Seraphina é na sua vida e o porque de tanto medo, e Fredrik tem esperança de que ela o ajude a encontrar sua ex.. 

A maneira como Fredrik e Cassia são juntos é linda,  ele tem um carinho enorme quando se trata dela, uma delicadeza e toda aquela violência fica bem longe dele. Mas quando ele se vê numa situação difícil e precisa da ajuda de Izabel, ele é obrigado a contar sua historia com Cassia e Seraphina pra sua nova ¨irm㨠e a reviravolta que a historia dá foi uma beleza, fiquei de queixo caído 

Como eu disse, não gostei do que a autora fez com o Fredrik, acho que ele merece um respiro na vida, principalmente depois do capítulo bônus que tem no final do livro. Então repito, espero muito que Fredrik tenha um pouco de sossego e tudo o que ele merece na vida

Adorei !!!



Sinopse : www.skoob.com.br 

"Fredrik Gustavsson nunca considerou a possibilidade de se apaixonar certamente nenhuma mulher entenderia seu estilo de vida sombrio e sangrento. Até que encontra Seraphina, uma mulher tão perversa e sedenta de sangue quanto ele. Eles passam dois anos juntos, em uma relação obscura e cheia de luxúria. Então Seraphina desaparece. Seis anos depois, Fredrik ainda tenta descobrir onde está a mulher que virou seu mundo de cabeça para baixo. Quando está próximo de descobrir seu paradeiro, ele conhece Cassia, a única pessoa capaz de lhe dar a informação que tanto deseja. Mas Cassia está ferida após escapar de um incêndio, e não se lembra de nada. Fredrik não tem escolha a não ser manter a mulher por perto, porém, depois de um ano convivendo com seu jeito delicado e piedoso, ele se descobre em uma batalha interna entre o que sente por Seraphina e o que sente por Cassia. Porque ele sabe que, para manter o amor de uma, a outra deve morrer."

segunda-feira, 11 de abril de 2022

O Chefão - Vi Keeland

Ler Vi Keeland é sempre uma delicia, e assim como minha dia Penelope Ward cria historias divertidas, cheias de pegada, com aquele hot que a gente ama, e o principal, sem mocinhas e mocinhos mimizentos  

Aqui conhecemos Reese e o chefão Chase, eu amei a interação deles logo no inicio, quando Chase ¨salva¨ Reese de um encontro horroroso e ele age como se a conhecesse há anos para livra-la da tal chatice. 

Mesmo ela achando que nunca mais veria o tal homem bonito que a salvou daquele dia horrivel, um belo dia da de cara com quem ... o tal, que não bastasse a simpatia e a boa imaginação ainda lhe sugere que procure emprego na empresa onde ele é CEO. 

Dai em diante, Reese e Chase entram numa aventura de quero mas não posso, faço mas não conto. E as gracinhas entre eles são sensacionais. Até Chase descobrir algo que fazia tempo que o atormentava, que foi a investigação da morte de sua  noiva há mais de 7 anos. 

Quando tudo vem à tona, Chase surta e fica abalado demais com as descobertas, machucando  o coração de Reese. 

Quando chegou o epílogo eu só queria mais e mais desse casal lindo e divertido, e só pensei, que pena que acabou 



Sinopse : www.skoob.com.br 

Um romance sexy de um dos grandes nomes da literatura erótica mundial.

Na primeira vez que vi Chase Parker não causei exatamente uma boa impressão. Eu estava escondida no banheiro de um restaurante, mandando mensagem de áudio para minha melhor amiga me salvar de um encontro horrível. Ele ouviu, disse que eu era uma canalha e começou a me oferecer conselhos não solicitados de namoro. Eu disse a ele que cuidasse de sua própria vida e voltei para meu encontro miserável. Ao passar pela minha mesa ele sorriu e eu assisti seu traseiro sexy e arrogante voltar para seu jantar. Não pude evitar trocar olhares com o idiota condescendente do outro lado do restaurante. Quando o deslumbrante desconhecido e sua acompanhante apareceram de repente em nossa mesa, pensei que ele iria me denunciar. Mas, ao invés disso, ele fingiu que nos conhecíamos e se juntou a nós – contando histórias elaboradas e embaraçosas sobre nossa suposta infância. E, sem que eu me desse conta, meu encontro tedioso se tornou extremamente excitante. Depois que nos separamos, não consegui parar de pensar naquele estranho que jamais veria novamente. Afinal, quais eram as chances de encontrá-lo de novo em uma cidade com oito milhões de pessoas?

sábado, 9 de abril de 2022

A Cruz de Fogo ( # 5 Outlander ) - Diana Gabaldon

¨Os mais corajosos com certeza são aqueles que tem a visão mais clara do que está diante deles, tanto glória quanto perigo, e ainda assim saem ao seu encontro ¨


O que dizer de Outlander minha gente ... eu mesma sou capaz de ficar falando, defendendo argumentando, amando e indicando essa série pra qualquer pessoa que eu conversar rs

Nesse 5o. livro da série continuamos a saga de Jamie e Claire nas Américas. Numa situação bem diferente das anteriores onde Jaime era um guerreiro muito orgulhoso de suas batalhas  e conquistas, aqui Jaime precisa caçar a milicia, e muito dos milicianos são seus antigos companheiros de batalha escocesa, e um benedeto governador do estado da California obriga Jaime a caçar seus antigos companheiros, alem de vestindo a porra da casaca vermelha que ele odeia desde o tempo dos jacobitas e da batalha de Culloden 

Mas aqui apesar de todas as batalhas, Jaime e Clare precisam lidar com a certeza de que de acordo com o jornal que Brianna trouxe do futuro, eles estão prestes a morrer queimados na Cordilheira dos Fraser, mas precisam lidar com tantas coisas, novas descobertas, e com a volta de Ian à Cordilheira, Claire descobre que ela não era a única a vir do futuro. Alem do indio Dente de Lontra que ela vê o espirito la no livro 4, outros homens tambem viajaram no tempo,e tem registro disso. 

Tem muita coisa acontecendo nesse livro. Muita mesmo. Foi o livro que achei menos ¨fiel ¨à serie, o que mais achei maçante porque tem muita muita muitaaaaa coisa relatada nos minimos detalhes. Detalhes sobre a vida do Roger ( não gosto dele de jeito nenhum, então pra mim é chato ler muito sobre ele e Bree) Detalhes da vida de Jocasta, antes de ser viúva 3 vezes e de se casar com Duncan. Detalhes bem rapidos da nova vida de Ian que to curiosa pra saber como foi sua vida durante o tempo que ele esteve com os Indios. 

Só por essa morosidade que não favoritei esse livro, o cotidiano de todo mundo não é lá essas coisas, e até mesmo dos Frasers não é tão interessante e empolgante assim. Exceto pela criançada, Jemmy é uma figura, Germain filho de Marsali e Fergus, me diverti demais com eles e suas falas de criança rrss. 

Mas o que eu queria mesmo era ver Stephen Bonnett sofrer e morrer, ele morre na série, mas aqui ainda não . Isso eu não gostei, só espero que ele suma de vez nos próximos livros. 


¨Quando chegar o dia em que tivermos que nos separar ( disse ele baixinho ) se minhas últimas palavras não forem Eu Amo Voce, saiba que isso não aconteceu porque não tive tempo ¨





Sinopse : www.skoob.com.br 

Uma história sobre lealdade

O ano é 1771. Na Carolina do Norte, conserva-se a duras penas um frágil equilíbrio entre a aristocracia colonial e os esforçados pioneiros. E entre esses dois lados prestes a entrar em conflito está Jamie Fraser, um homem de honra exilado de sua amada Escócia. Convocado a liderar uma milícia para conter as insurgências, ele sabe que quebrar o juramento que fez à Coroa inglesa o tornará um traidor, mas mantê-lo será a certeza de sua ruína.

A guerra se aproxima, garantiu-lhe sua esposa, Claire Randall. E, mesmo não querendo acreditar nesse triste futuro, Jamie Fraser está ciente de que não pode ignorar o conhecimento que só uma viajante do tempo poderia ter. Afinal, a visão única de Claire já os colocou em risco, mas também lhes trouxe salvação.

A cruz de fogo é uma envolvente história sobre o empenho de Jamie em proteger sua família, construir uma comunidade e manter suas terras às vésperas de um conflito histórico. Nesses esforços, ele é ajudado por sua mulher, sua filha Brianna e seu genro Roger MacKenzie, que nasceram no século XX e agora tentam se adaptar à tortuosa vida do século XVIII.

quarta-feira, 6 de abril de 2022

Gentleman Nine - Penelope Ward

Mais um queridinho da minha autora mais que querida, eu adorooooo as historias da Penelope.... que delicia de ler, conhecer seus personagens, principalmente  a falta de mimimi dos personagens que ela escreve, adoro mesmo essa dinâmica. 

Aqui conhecemos a historia de Amber e Channing, dois amigos de infância ( que na verdade são 3, Rory tambem é amigo de infancia de ambos ) , mas Amber e Channing tem uma dor em comium, a perda da irma de Channing e melhor amiga de Amber.

Rory, Amber e Channing cresceram juntos e os meninos fizeram um pacto de nunca, em hipótese alguma irem amorosamente para o lado de Amber, ela era fora dos limites, mas com a ida de Channing pra faculdade, Rory quebrou sua promessa e ele e Amber assumiram o relacionamento. 

Nove anos depois, Rory deu um belo pé na bunda de Amber, e Channing chega a cidade a trabalho, e sem saber do ocorrido, se aproxima de Amber e no momento em que ele descobre que Amber não esta mais com seu melhor amigo traidor Channing vê a oportunidade da sua vida. 

Sendo os bons amigos que sempre foram, Channing vê numa oportunidade criada por Amber para se aproximar dela,e dá certo, é tão lindo ver eles dois juntos que quando Rory ¨volta à cena ¨eu senti foi raiva dele, mesmo ele não sendo uma má pessoa. 

Fiquei ansiosa com o final porque não gosto dessa indecisão que a Amber viveu. mas o final foi bem fofo, apesar de eu ter achado ele corrido demais pra uma boa historia. 

Mais um pra conta e mais um que eu adorei. 



Sinopse : www.skoob.com.br 


Crescemos juntos, nós três éramos amigos.

Ele era o nerd.
Eu era o playboy.
Ela era a bela.
No fundo, eu só queria ela. Escondi meus sentimentos porque Rory e eu fizemos um pacto que nossa amiga, Amber, estava fora dos limites.
Ele mentiu.
Eu fui para a faculdade e ele pegou a garota.
Amber nunca soube como me senti.
Eles estavam juntos há anos, antes que ele partisse seu coração.
Através de tudo e através da distância, ela e eu casualmente ficamos em contato.
Quando meu trabalho me mandou para Boston para um contrato de três meses, Amber me deixou ficar em seu quarto de hóspedes.
Ainda se recuperando do seu rompimento, ela jurou desistir dos homens.
Uma noite, abri o computador para encontrar o choque da minha vida. Ela hesitantemente entrou em contato com uma companhia de acompanhantes do sexo masculino. Com medo de namorar e ter seu coração partido novamente, ela estava procurando por sexo sem amarras.
Toda emoção imaginável me percorria: proteção, ciúme - curiosidade.
Amber escolheu o Cavalheiro Número Nove e enviou-lhe uma mensagem.
Ela se abriu para ele, confessando, entre outras coisas, sua atração física por seu amigo - eu. Mas ela me considerava fora dos limites - e pensava que eu era um homem. (Irônico, considerando as circunstâncias.)
Eventualmente, ela marcou um encontro para encontrar Gentleman Nine em um hotel. Quando ela apareceu várias noites depois para encontrá-lo, ficou chocada ao me ver ali em pé - com uma oferta que eu esperava que ela não iria recusar.

sábado, 2 de abril de 2022

Nas Arquibancadas - John Grisham

 Fazia um tempão que eu não lia nada do John  Grisham, e nada do que eu li dele anteriormente é parecido com esse livro. 

O autor é bem conhecido por escrever historias de tribunais, julgamentos, temas sobre advocacia e direito. Mas mesmo não sendo nesse universo a historia eu gostei bastante. 

A escrita dele é boa, sem aquela linguagem rebuscada ou dificil de alguns autores que falam sobre tribunais, e isso faz a leitura fluir bem. 

Essa e historia de Neely Cresnshaw , um ex jogador de futebol americano que era o maior e o melhor do seu time no Ensino Medio, e volta à sua cidade natal depois de mais de 15 anos por conta da monte do seu antigo treinador, que atualmente ele tem certeza que odeia. 

A historia toda é contada em 4 dias, onde os antigos companheiros do seu time e de outros se encontram e começam a expor suas historias com o treinador Rake. Neely tem certeza que odeia seu antigo treinador, mas à medida que outros antigos companheiros do seu time, e de outros mais antigos e mais novos contam mais sobre Eddie Rack, Neely começa a questionar os seus próprios motivos para odiar Rake. 

E, por mais que fale muito de jardas, quarterbacks, regras, campo, achei a leitura leve, até interessante. 

Gostei muito mesmo 




Sinopse : www.skoob.com.br 

Quinze anos se passaram desde aqueles dias gloriosos em que Neely Crenshaw, provavelmente o melhor quaterback da história dos Spartans, volta à sua cidade natal, Messina, para o enterro do treinador Eddie Rake, o homem que transformou o time numa invencível dinastia de futebol. Agora, os meninos de Rake, sentados nas arquibancadas, aguardam o apagar das luzes do campo, sinalizando a morte do treinador, relembram os jogos, revivem as velhas glórias e tentam decidir, de uma vez por todas, se amam Eddie Rake – ou se o odeiam. Para Neely Crenshaw, um homem que deve finalmente perdoar seu treinador – e a si mesmo – antes de retomar sua vida, essa é a hora do acerto final. “Nas arquibancadas” é um livro emocionante, que fala de amor, amizade e gratidão. Com seu estilo envolvente, John Grisham mais uma vez surpreende pela sensibilidade e simplicidade com que narra a história de um ídolo esquecido

sexta-feira, 1 de abril de 2022

Livros Lidos - Março

 Mais uma mês acabou e mais leituras marquei como Lidas na listinha infinita de livros que Quero Ler rrss



Vamos à eles : 

  1. Almanaque Anos 80 - Luiz Andre e Mariana Claudino 
  2. Subindo pelas Paredes ( #1 Wallbanger ) ( releitura ) - Alice Clayton 
  3. Elza Biografia - Zeca Camatgo 
  4. O Sol é para Todos - Harper Lee 
  5. Contos Escuros ( # 25 Darkhunters ) - Sherrilyn Kenyon 
  6. Cidade das Almas Perdidas ( # 5 Instrumentos Mortais ) - Cassandra Clare 
  7. Arranhando as Paredes ( #2 Wallbagner ) ( releitura ) - Alice Clayton 



Então é isso, até o mês que vem :) 

domingo, 27 de março de 2022

Cidade das Almas Perdidas ( #5 Instrumentos Mortais ) - Cassandra Clare

Eu só não favoritei esse livro por um único motivo... a insistência da Cassandra Clare nessa porr@ de relação entre irmãos. coisa chata do car@lh0.... 

Não bastava a historia do Jace, ai vem Sebastian, e a insistência com Jace  nos livros anteriores ... detestei só essa parte, em todos os livros, mas tirando isso, esse quinto livro é muito bom. 

Não temos um minuto de sossego, muitas aventuras, muitos acontecimentos, e diferente do quarto livro, esse aqui foi dinâmico em todas as páginas. ( até mesmo quando Simon aparece demais, porque criei um ranço lascado dele, nada me faz ter simpatia pelo novo vampiro, nem mesmo a possibilidade dele salvar a vida da Jace.) 

Depois do final daquele 4o. livro, com o fato de Jace estar possuido por Lilith, a cerimônia onde Sebastian é trazido dos mortos, Jace ligado à ele, eu tava ansiosa demais pra ler esse livro e saber o que iríamos passar com os Caçadores de Sombras dessa vez. 

Então descobrimos que Jace e Sebastian são um só agora. Que se um se fere, o outro tambem é ferido, se um morre, o outro morre tambem, e Clary fica louca da vida porque assim como ela ama Jace, ela odeia Sebastian, e tá disposta a tudo pra salvar seu amado. 

No fim das contas, quem descobre uma maneira é Magnus, que com ajuda de Izzy, Alec, e Simon conseguem encontrar  uma forma  de salvar Jace. 

Bem cheio de aventuras, acontecimentos e novas possibilidades, mas tambem fiquei triste com Magnus e Alec não se entendendo nem que a vaca tussa, só brigando toda hora, e quando Magnus descobre o que Alec quer, tadinho do bruxo, fiquei com pena dele. 

E quando vem o final, e a gente pensa que tá tudo bem, tem aquele bendito bilhete do Jace pra Clary na ultima página, pensei pqp , o sossego passou longe dessa série né. 

Agora vou pros outros 2 do Peças Infernais pra poder depois ler o último dos Instrumentos Mortais, que não vejo a hora de terminar



Sinopse : www.skoob.com.br 

Quando Jace e Clary voltam a se encontrar, Clary fica horrorizada ao descobrir que a magia do demônio Lilith ligou Jace ao perverso Sebastian, e que Jace tornou-se um servo do mal. A Clave decide destruir Sebastian, mas não há nenhuma maneira de matar um sem destruir o outro. Mas Clary e seus amigos irão tentar mesmo assim. Ela está disposta a fazer qualquer coisa para salvar Jace, mas ela pode ainda confiar nele? Ou ele está realmente perdido?

domingo, 20 de março de 2022

O Sol é para Todos - Harper Lee

Ler um Clássico nunca é simples, fácil ou rápido. Por mais que a linguagem seja super fluída, de fácil entendimento e sem aquela coisa rebuscada, um clássico é sempre um clássico, com seus temas, suas reflexões e suas frases maravilhosas como em O Sol é Para Todos. 

 E como caiu no meu gosto total e completamente a leitura de Clássicos, escolhi esse como primeiro do ano de 2022 e eu adorei. 

Um livro lançado a tantos anos ( 1960) mas que é tão atual só pode ser necessário ler e conhecer. E ainda vou mais longe... eu acho que os vestibulares, as escolas deveriam incluir esse tipo de leitura como conhecimento pra estudantes no nosso país, são livros necessários para conhecer mais sobre temas tão importantes que a turma de hoje muitas vezes nem sabe o que se trata. 

É tão triste ver duas crianças que desde muita cedo entendem que temas como racismo, injustiça social, preconceito já fazem parte da vida delas, mesmo não sendo elas quem sofrem todas essas situações. E, acima de tudo, como seria bom se todos os pais fossem como Atticus. Que cara justo, decente, do bem.

Jem e Scout  ( Jean Louise ) Finch são irmãos que vivem na pequena cidade de Maycomb por volta dos anos 30. Cidade pequena, cheia de gente fofoqueira e desocupada, julgadora da vida alheia. Mas tambem cheia de diversão pros irmãos Finch e seu amigo Dill. Eu gostei muito dos meninos, mas Scout é uma menina mais do que incrível, ela é esperta, inteligente, gentil, e quando a gente lê as cenas dela subindo no colo do Atticus, que o tempo todo diz que ela já esta grandinha pra subir no colo dele, mas que nunca nega o pedido, é ainda mais lindinho. 

Familias brancas no lado  ¨rico¨ da cidade, que se julgam pessoas melhores e mais importantes que familias negras e menos favorecidas, pobres, trabalhadoras que são julgadas constantemente pela cidade toda. è essa a máxima de todo o livro. Atticus é contratado para ser advogado de um desses negros do lado pobre da cidade. À partir dai a vida de Jem e Scout vai sofrendo varias situações que mesmo ambos sendo crianças, não os impede de entender o preconceito e a injustiça para com o outro. 

Quando Atticus, Jem e Scout estão conversando sobre a injustiça que Tom sofre( o negro que Atticus está defendendo mesmo comprovado no tribunal que ele é inocente ) é triste e bonito ao mesmo tempo, porque as crianças se sentem indignadas com a situação que o preconceito gera e acarreta. 

Agora bonito mesmo é a atitude do recluso vizinho Boo Radley ( ou Arthur como é seu nome verdadeiro ) quando o pior quase acontece com Jem e Scout. Boo é um personagem bem ativo no começo do livro mesmo sem aparecer, porque as 3 crianças esquasquetaram que tinham que tirar o recluso vizinho de dentro de casa. Em vão claro, porque ele não sai nunca, até o incidente. 

A atitude final de Scout com Arthur, a delicadeza dela, a empatia me tiraram lágrimas dos olhos. e Atticus sendo mais pai do que nunca quando ele diz pra pequena filha  ¨ ... a maior parte das pessoas são assim Scout ( boas ), quando finalmente as conhecemos.¨, é pra se pensar e muito em como sempre temos o hábito de julgar todo mundo à todo momento. 

    


Sinopse : www.skoob.com.br 


Um livro emblemático sobre racismo e injustiça: a história de um advogado que defende um homem negro acusado de estuprar uma mulher branca nos Estados Unidos dos anos 1930 e enfrenta represálias da comunidade racista. O livro é narrado pela sensível Scout, filha do advogado. Uma história atemporal sobre tolerância, perda da inocência e conceito de justiça.
O sol é para todos, com seu texto “forte, melodramático, sutil, cômico” (The New Yorker) se tornou um clássico para todas as idades e gerações.

quarta-feira, 16 de março de 2022

Elza - Zeca Camargo

Eu nunca fui fã de Elza Soares, claro que conhecia a artista, m pouco da sua historia por conta do seu casamento até conturbado, como a imprensa sempre fez questão de deixar claro,  com Garrincha, mas não sabia sobre a sua historia de vida, suas dores, seus amores, seus bons e maus momentos, e como amo ler uma boa biografia, com certeza essa não ficaria de fora. 

Por algumas resenhas que eu tinha lido, mesmo sem spoiller, muitas eram muito claras e unânimes em mostrar que Elza foi uma sofredora, uma guerreira em todos os sentidos para ambas as situações. E lendo com detalhes ela contar sua historia de miséria, fome, perdas, sucesso, fracasso, riqueza e pobreza é mesmo de se tirar o chapéu pra essa mulher que viveu 90 anos sem nunca ter um minuto sequer de paz e sossego. 

Diz ela em sua biografia que a Elza Soares nunca esmorece, nunca se permite cair, sofrer ou não lutar. A Elza Conceição sim ( seu nome de batismo Elza Gomes da Conceição ) . E com pesar  ela nos conta a perda de 4 dos seus 8 filhos, diz que não importa se recem nascido, vivido ou adulto, perder um filho nunca é fácil. Como foi casar aos 13 anos, aguentar um marido abusivo, ter filhos quando ela mau tinha deixado de ser uma criança. Como sua carreira começou, mas a parte mais intensa é sem dúvida seu relacionamento com Garrincha. 

Uma das coisas que ela mais fala é que ela já tinha uma vida estruturada, uma carreira reconhecida e consolidada mas desde que ela se uniu à Garrincha, Elza era conhecida como a mulher de Garrincha, em todos os lugares e em todas as situações. E ela sofreu  enquanto  esposa dele viu . A bebida foi o fator principal do inferno matrimonial que Elza viveu com o ele. 

Tudo na vida de Elza foi conquistado com muito suor, lagrimas, esforço e persistência, porque muitas de nós teríamos desistido muito antes de tantos acontecimentos. 

Eu gostei muito de ler mais essa rica biografia. E que sorte que toda essa historia foi contada com Elza em vida, pra que ela mesma pudesse testemunhar sua historia contada de maneira tão clara e real. Zeca colocou muita emoção na sua escrita, dando seu próprio testemunho de como foi contar essa historia. 





Sinopse : www.skoob.com.br 

Elza é a aguardadíssima biografia oficial e definitiva de uma das maiores cantoras de todos os tempos e ícone cultural brasileiro. Zeca Camargo narra a história de Elza Soares, da infância pobre ao sucesso, consagrada em discos que marcaram a música brasileira e, mais recentemente, nos ovacionados e premiados A mulher do fim do mundo e Deus é mulher. Nas palavras de Zeca: “Esta é a versão final, definitiva, contada por ela. Elaborada por mim, mas a matéria-prima é a memória da Elza – e isso é muito, muito fascinante. É como um mergulho nessa vida maravilhosa e nessa trajetória incrível.” Com coordenação de conteúdo de Juliano Almeida e Pedro Loureiro, o livro foi construído a partir de muita pesquisa do autor e ao longo de dezenas e dezenas de encontros entre Elza e Zeca no apartamento da autora, no Rio de Janeiro. Foram momentos de conversas deliciosas e uma interação fantástica, transpostas em livro num texto ágil e revelador que funciona como um passeio pelas lembranças de uma de nossas maiores artistas.

Grande diva da música brasileira, Elza Soares, nascida e criada numa favela carioca, filha de uma lavadeira, casou-se muito cedo e logo teve filhos. Por essa época participou do programa de calouros de Ary Barroso, onde recebeu nota máxima. A partir daí, conquistou plateias no Brasil e no mundo. Considerada uma eterna vanguardista, sempre abriu espaço para diversas tendências artísticas. Admirada por artistas como Caetano Veloso, Chico Buarque e Marisa Monte, entre outros, Elza segue tocando sua carreira com vitalidade e agenda cheia. Seu disco mais recente é Deus é mulher, de 2018, indicado ao Grammy Latino.


terça-feira, 1 de março de 2022

Almanaque dos Anos 80 -Luis André Alzer e Mariana Claudino

 Quando meu irmão me emprestou esse livro,  a primeira coisa que ele disse é que esse livro era Demais, e é mesmo, eu não esperava rir o tanto que ri


Não esperava matar as saudades de tanta coisa que fez parte da minha infância  e adolescência 


Mas acima de tudo eu  não esperava reviver momentos na minha cabeça com as playlists de filmes e musicas da época e isso foi sensacional 


Que delícia  de viagem no tempo,  que delicia de leitura 🥰 📖




segunda-feira, 28 de fevereiro de 2022

Livros Lidos - Fevereiro

 Mais um mês se foi e num mês cheio de novos acontecimentos por aqui, não li muita coisa

Vamos à eles : 




  1. O Retorno de Izabel ( #2 Companhia dos Assassinos ) - J.A. Redmerski
  2. Fazendo as Pazes com o Corpo - Diana Garbin 
  3. Malibu Renasce - Taylor Jenkins Reid 
  4. Esse Duque é Meu ( releitura ) - Eloisa James 
  5. O Professor ( #1 ) - Tatiana Amaral 

Até o Mês que Vem ;) 

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2022

Amigurumi Literario - REI WRATH - Irmandade da Adaga Negra

¨ Quase 2mts de puro terror trajado em couro. Seu cabelo era liso e negro, partindo do bico da viúva no alto da testa. Pesados óculos escuros escondiam-lhes os olhos jamais vistos por alguém. Os ombros tinham o dobro do tamanho da maioria dos homens ...¨


Gentemmmmm do céu, agora tô a louca dos Amigurumis rrss. 

Quem me conhece sabe que sou APAIXONADA  pela série Irmandade da Adaga Negra, mesmo, e com certeza vou reler muitas e muitas vezes... e essa série não vendo, não dou, não empresto. É, indiscutivelmente minha série favorita do gênero. 



No meu Blog de Artesanato tem mais fotos, mais informações sobre a peça, sobre confecção dessa peça que agora ta aqui, linda na minha estante, junto com todos os livros dessa amada série. 

sábado, 19 de fevereiro de 2022

A Cidade dos Anjos Caídos ( # 4 Serie Instrumentos Mortais ) - Cassandra Clare

¨Põe-me  como selo sobre teu coração, como um selo sobre o teu braço, porque o amor é tão forte quanto a morte ¨ 

( juramento dos Caçadores de Sombras quando se casam, e aqui Jace diz pra Clary que eles vão jurar quando se unirem em casamento ) 


Eu amei muitooooooo o Cidade de Vidro ( resenhei AQUI ), favoritei, surtei com tantos acontecimentos, então quando peguei esse, achei que demorou demais pra acontecer as coisas, falou pouco do Jace e da Clary, focou quase que 100% no Simon, ( e eu acho ele um chato de galocha, então fiquei de bode por só aparecer ele ), fala da sua nova vida como vampiro, suas lutas, batalhas internas, a convivência com Caçadores de Sombra, o fato dele renegar o que é agora, e enquanto isso meu personagem favorito foi ficando chato, melodramático, e cheio de mimimi porque as coisas com Jace não andam nada bem coitado. 

Clary com uma paciência de jó pra com a chatice do Jace, Gostei que tem mais de Magnus e Alec. Ainda continuo detestando Jocelyn porque ela é a mesma chata de sempre. E Luke aparece bem pouco, e ainda continuo achando ele o melhor personagem de todos. 

E, pela primeira vez Will Herondale é mendincionado aqui, como um Caçador de Sombra do passado. Isso foi legal. 

Agora  na ultima parte do livro a coisa ficou muitooooo boa. Entendemos porque Jace ta do jeito que tá, Clary mostrando porque se tornar uma Caçadora de Sombras é o que ela sabe fazer de melhor ( mesmo quando ela não é rrss ), gostei um pouquinho do Simon ( eu definitivamente não gosto dele, acho ele chato demais ) E, principalmente como Izzy se tornou uma personagem muito querida por mim, ela é Foda com todas as letras maiúsculas, não tem pra ninguém perto dela. 

E o final, valha-me Deus, segurei a respiração e não soltei até agora, e com certeza preciso do próximo pra saber o que vem por ai. 


Sinopse : www.skoob.com.br 

A guerra acabou e Caçadores de Sombras e integrantes do submundo parecem estar em paz. Clary está de volta a Nova York, treinando para usar seus poderes. Tudo parece bem, mas alguém está assassinando Caçadores e reacendendo as tensões entre os dois grupos, o que pode gerar uma segunda guerra sangrenta. Quando Jace começa a se afastar sem nenhuma explicação, Clary começa a desvendar um mistério que se tornará seu pior pesadelo.

terça-feira, 15 de fevereiro de 2022

Se não fosse Voce - Colleen Hoover

Eu amo as historias dessa mulher. Ela consegue me fazer odiar os protagonistas com a mesma intensidade que me faz amar os esses mesmos personagens

Eu quis matar quase em 90% do livro Chris e Jenny ( dois fdp sem tamanho ). Mas quis estrangular a Morgan e a chata da Clara tambem. Pra mim as tres melhores pessoas desse livro são Johan, Miller e o Vovô rrss

A Collen é mestra na arte de criar historias de personagens reais,. parece que voce conhece aquela pessoa, contando aquela historia. E, apesar de eu ter um problema sério com historias que tenham traições, justificativas, e ate entendimento da situação, eu fiquei enlouquecida pra saber o que ia acontecer com todo mundo. Morgan me irritou num grau por nunca abrir a boca, que por mais que eu tente entender o porque da atitude dela, não sei explicar o que eu sinto com tamanho silêncio dela... Eu já queria era gritar pra deus e o mundo... mas eu sou Ana Paula, não Morgan, nem Colleen kkkkkkk

Não vou escrever nada porque tudo nesse livro vai ser spoiller na certa. Mas, uma coisa posso dizer, se voce nunca leu nada da Colleen e esta lendo essa resenha, leia qualquer coisa que ela escreve, porque vale muito, muito à pena  





Sinopse : www.skoob.com.br 


Em Se não fosse você, a autora #1 do New York Times Colleen Hoover fala sobre família, primeiro amor, luto e traição. Uma história emocionante que tocará os corações tanto de mães quanto de filhas. Edição limitada acompanhada de card + marcador.

Morgan e Clara Grant são mãe e filha, e aparentemente não têm nada em comum.

Morgan engravidou muito nova, com dezesseis anos, e está determinada a evitar que sua filha passe pelas mesmas dificuldades que enfrentou. Colocando sempre a família em primeiro plano, Morgan deixou os próprios sonhos de lado para dedicar-se à filha e ao marido.

Clara, por sua vez, não quer seguir os passos da mãe – ela não consegue enxergar nada de espontâneo na personalidade de Morgan. No auge dos seus dezesseis anos, seu maior desejo é ir para a universidade estudar teatro, mesmo que os pais não incentivem a carreira.

Com personalidades incompatíveis e objetivos divergentes, a convivência entre Morgan e Clara está cada dia mais insustentável. A única pessoa capaz de criar um ambiente de paz é Chris – marido de Morgan, pai de Clara, o porto seguro da família. Mas essa paz é quebrada após um trágico acidente que muda completamente a vida das duas.

Enquanto Morgan luta para reconstruir tudo que desabou ao seu redor e encontra conforto na última pessoa que esperava, Clara só aumenta sua lista de rebeldias. Com o passar dos dias, novos segredos, ressentimentos e mal-entendidos fazem com que mãe e filha se afastem ainda mais... e a distância aumenta tanto ao ponto de uma reaproximação se tornar improvável. Depois de tanto tempo distantes e com muita coisa não dita, será que ainda há chances de que tudo fique bem?

Em Se não fosse você, Colleen Hoover mais uma vez entrega aos leitores uma trama rica em desenvolvimento de personagens, fortes e complexas emoções e, principalmente, situações tão cruas quanto reais.

sábado, 12 de fevereiro de 2022

Malibu Renasce - Taylor Jenkins Reid

 Depois que li Os 7 Maridos de Evelyn Hugo eu decidi que Taylor é diva, Taylor é O Cara ( A mina no caso rrs ), e que sim, eu compro e leio qualquer livro que ela escrever, sem ler sinopse, sem saber opinião alheia e coisa do tipo. 

Me apaixonei por Daisy Jones, enlouqueci quando li Os 7 Maridos, porque o livro é excelente, ate gostei de Depois do Sim, mas Malibu Renasce é um Espetáculo de livro. 

Nina foi umas personagens que mais senti vontade de por no colo desde que ela apareceu pela primeira vez, ainda como uma menininha. Adorei a Kit e o Hud, o Jay é meio mala as vezes, mas tem a seu valor. June foi a mulher mais apaixonada de todas as apaixonadas e Mick Riva o canalha mais canalha de todos os canalhas. 

A escrita da Taylor, a maneira como ela coloca ações do cotidiano de maneira tão simples que assim como os outros livros dela, voce pesquisa aquelas pessoas, como se elas existissem mesmo, como se elas fossem um conhecido de alguem muito próximo, e isso me deixa cada vez com mais vontade de ler suas histórias. 

O livro já tinha me conquistado desde as primeiras páginas, mas a cena da Nina se abrindo, finalmente, expondo toda sua vida, suas escolhas, o que viveu pra manter seus irmãos junto dela, a vida que ela conhecia, foi de chorar de emoção. Então ali ele se tornou favorito. 

Definitivamente Taylor é Diva !!!



Sinopse : www.skoob.com.br 

Os quatro filhos de Mick Riva são conhecidos e admirados por toda Malibu. Mas não só pelo pai famoso. A cada ano os quatro dão uma festa épica para comemorar o fim do verão ― e a de 1983 promete. Ela dura apenas algumas horas, mas é suficiente para mudar a vida deles para sempre.

Malibu, agosto de 1983. É o dia da festa anual de Nina Riva, e todos anseiam pelo cair da noite e por toda a emoção que ela promete trazer.

A pessoa menos interessada no evento é Nina, que nunca gostou de ser o centro das atenções e acabou de ter o fim do relacionamento com um tenista profissional totalmente explorado pela mídia. Talvez Hud também esteja tenso, pois precisa admitir para o irmão algo que tem mantido em segredo por tempo demais, e parece que esse é o momento. Jay está contando os minutos, pois não vê a hora de encontrar uma menina que não sai de sua cabeça. E Kit também tem seus segredos ― e convidado ― especiais.

Até a meia-noite, a festa estará completamente fora de controle. O álcool vai fluir, a música vai tocar e segredos acumulados ao longo de gerações vão voltar para assombrar todos ― até as primeiras horas do dia, quando a primeira faísca surgir e a mansão Riva for totalmente consumida pelas chamas.